Winona Ryder relembra comentários homofóbicos e antissemitas feitos por Mel Gibson em uma festa

A atriz contou sobre a ocasião em que os dois discutiram por conta dos comentários do ator

Redação Publicado em 23/06/2020, às 17h35

None
Foto 1: Alberto E. Rodriguez/Getty Images | Foto 2: Matt Sayles/AP

Mel Gibson foi temporariamente afastado de Hollywood após comentários racistas e antissemitas ao longo dos anos. Winona Ryder, em uma entrevista à The Sunday Times, via Consequence of Sound, contou sobre um desentendimento que teve com o ator por conta destes comentários.

+++LEIA MAIS: Keanu Reeves se recusou a xingar Winona Ryder apesar das ordens de Coppola; conheça a história

"Estávamos em uma festa lotada com um dos meus bons amigos. E Mel Gibson estava fumando um charuto, e todos nós conversamos e ele disse ao meu amigo, que é gay: 'Oh, espere, eu vou pegar AIDS?'", contou a atriz.

Ainda, o ator também fez um comentário antissemita: "E então surgiu algo sobre os judeus, e ele disse: 'Você não é um trapaceiro do forno, é?'". A atriz contou que os comentários dele fizeram os dois discutirem na festa.

Além disso, os posicionamentos preconceituosos do ator já custaram papéis em filmes, de acordo com o TheWrap, como a sequência de A Fuga das Galinhas. Gibsonnão falou sobre as alegações de Ryder, até a publicação desta nota.


+++ A PLAYLIST DO SCALENE