Winona Ryder se internou em clínica psiquiátrica após separar de Johnny Depp

Ryder sofria com insônia, ataques de ansiedade e depressão

Redação Publicado em 13/10/2020, às 17h57

None
Winona Ryder como Joyce Bayers em cena de Stranger Things (Foto: Divulgação / Netflix) e Johnny Depp (Foto: Vianney Le Caer / Invision / AP)

Em entrevista de 1999 ao New York Times, Winona Ryder, atual estrela de Stranger Things, comentou como se internou em uma clínica psiquiátrica depois de ter se separado do então noivo, Johhny Depp. As informações são do site CheatSheet.

Logo após o afastamento dos artistas, Ryder sofria com insônia, ataques de ansiedade e depressão.

+++ LEIA MAIS: Abuso de álcool e drogas de Johnny Depp deve prejudicá-lo em batalha judicial

Na época, a atriz sentia a pressão de Hollywood e se sentia sobrecarregado com a quantidade de trabalhos que atendia.

"Eu estava sobrecarregada de trabalho e cansada - cansada demais para dormir. Eu estava em um estado muito ruim", revelou Ryder para o jornal.

+++ LEIA MAIS: Para Tim Burton, Johnny Depp nunca mais foi o mesmo depois do término com Winona Ryder

Segundo a atriz, depois do término conturbado com Depp, ela "atingiu o fundo do poço". Assim, ela se internou em um hospital.

Johnny Depp e Winona Ryder ficaram juntos por quatro anos e chegaram até mesmo a ficarem noivos.


+++ TERNO REI: ‘ANTES DE LANÇAR, VOCÊ NUNCA SABE SE É BOM OU RUIM’ | ROLLING STONE