Woody Allen diz que Scarlett Johansson era ‘sexualmente radioativa’ aos 19 anos: 'Era preciso lutar contra os feromônios'

Os comentários inapropriados e controversos foram apresentados em Apropos of Nothing, livro de memórias publicado recentemente pelo cineasta

Redação Publicado em 27/03/2020, às 10h20

None
Woody Allen (Foto: Associated Press)

Woody Allen lançou recentemente Apropos of Nothing, livro de memórias (que foi um fracasso em vendas) no qual revisita vários momentos da carreira que construiu na indústria cinematográfica. E apesar de se encontrar em um momento delicado, o diretor não fugiu de mais polêmicas.

Em uma das passagens, ele lembra da época em que trabalhou com Scarlett Johansson no filme Match Point (2005), e foi criticado pelos comentários considerados inapropriados que escreveu sobre a atriz, que tinha apenas 19 anos na época da produção do longa.

+++LEIA MAIS: Woody Allen e Soon-Yi não conseguiam 'tirar as mãos um do outro' no começo do relacionamento

"Ela tinha só 19 anos quando fez Match Point, mas estava tudo lá: uma atriz emocionante, uma estrela de cinema natural, inteligência real, ágil, divertida e quando você encontra com ela, era preciso lutar contra os feromônios".

Allen não parou por aí. Ele ainda acrescentou que "ela não era apenas talentosa e bonita, mas era sexualmente radioativa".

+++LEIA MAIS: Woody Allen diz que Timothée Chalamet só o acusou para aumentar chances de ganhar Oscar; entenda

E como se não bastasse, ainda escreveu que espera trabalhar de novo com a atriz "antes que eu morra ou a senilidade se instaure e eu fique babando, mas não em cima dela".


+++ CORONAVÍRUS: DEVEMOS REALMENTE CANCELAR SHOWS E EVENTOS?