Pulse

X-Men, Homens de Preto e mais: 6 filmes que fracassaram em 2019 [LISTA]

Os longas decepcionaram a crítica e o público, faturando bem menos do que o esperado nas bilheterias

Redação Publicado em 18/08/2019, às 16h00

None
Sophie Turner em X-Men: Fênix Negra (Foto:Reprodução)

Os filmes de Hollywood são sempre muito esperados pelo público. Grandes produções, muito dinheiro investido e atores famosos parece ser a receita perfeita para o sucesso, mas, infelizmente, nem sempre isso é o que acontece.

E 2019, por exemplo, tem sido um ano ótimo para o fracasso em bilheterias. Vários filmes até agora deixaram muito a desejar tanto para o público quanto para os críticos. E o resultado? Salas de cinemas vazias, espectadores insatisfeitos e faturamento (bem) abaixo do esperado.

Com isso em mente, separamos alguns desses diversos longas que podem ser considerados grandes fracassos do cinema hollywoodiano. Veja abaixo 6 grandes fracassos de 2019.

Os Mortos Não Morrem

O filme, dirigido por Jim Jarmusch, será lançado no Brasil apenas em 28 de novembro, mas nos Estados Unidos não apenas já foi lançado, mas como também foi bombardeado de críticas negativas. Os Mortos Não Morrem fala sobre um apocalipse zumbi a partir de uma visão peculiar do diretor.

Jarmusch reuniu diversos atores famosos, mas, por não ser um diretor comercial, já era esperado que o longa não faria tanto sucesso. Mesmo assim, a produção conseguiu decepcionar, e arrecadou apenas US$ 14 milhões.


Shaft

Mesmo com Samuel L. Jackson, Jessie T. Usher e Richard Roundtree no elenco, o filme conseguiu não agradar ao público. Dirigido por Tim Story, - responsável pela direção de longas como Quarteto Fantástico e Policial em Apuros - o filme Shaft arrecadou apenas US$ 21 milhões.

O longa foi tão decepcionante que não ficou nem muito tempo na Netflix do Brasil.


Brinquedo Assassino

O remake do filme de 1988 estreia apenas no dia 22 de agosto no Brasil, mas nos Estados Unidos já deu o que falar. Dirigido por Lars Klevberg e com um orçamento muito baixo de US$ 10 milhões, o longa arrecadou bem menos do que o esperado: US$ 100 milhões.

Pode parecer muito, mas quando um sucesso de bilheterias ganha um remake, é muito provável que seja bem-aceito público. Não é o caso do novo Brinquedo Assassino, que está recebendo muitas críticas negativas, principalmente por Klevberg ter modificado a história original. 


X-Men: Fênix Negra

Lançado a mais de um mês no Brasil, o último filme da franquia X-Men passou quase despercebido. Dirigido por Simon Kinberg, responsável pelos outros longas da sequência X-Men, o Fênix Negra deixou a desejar, arrecadando apenas US$ 252 milhões - muito pouco para uma produção tão conhecida da Fox. 


MIB: Homens de Preto – Internacional

Quem esperava produção e roteiro parecidos com os do último filme da franquia se decepcionou. MIB: Homens de Preto – Internacional foi rejeitado pelo público e a consequência foi dura: US$250 milhões arrecadados.  O valor é muito menor do que a bilheteria do filme anterior, lançado em 2012, que foi de US$624 milhões.

O motivo? Talvez seja a falta do protagonista dos primeiros longas da franquia, Will Smith. O fracasso também pode ser explicado pelos problemas nos bastidores da produção. O diretor F. Gary Gray ameaçou abandonar o longa várias vezes devido aos conflitos com o produtor Walter Parkes.


Godzilla 2: Rei dos Monstros

A sequência de Godzilla foi lançada no dia 30 de maio de 2019 no Brasil e a arrecadação foi muito baixa: US$385 milhões. O filme, dirigido por Michael Dougherty, não tem um elenco conhecido e foi pouco divulgado, o que pode ser apontado como alguns dos motivos pelo seu fracasso. 

Apesar de Dougherty ter investido na produção, o filme teve uma bilheteria menor que a do primeiro longa da franquia, e pode ser considerado um dos desastres de Hollywood em 2019.

+++LISTA: 13 segredos de 'Ladrão', o terceiro disco do Djonga e um dos melhores de 2019