'Yer Blues': a música dos Beatles escrita por John Lennon na tentativa de 'alcançar Deus e se sentindo suicida'; conheça

A canção foi escrita pelo músico durante viagem para Índia

Redação Publicado em 17/08/2020, às 18h26

None
John Lennon (Foto: AP)

Ao longo da carreira com os Beatles, John Lennon cada vez mais inseriu na música aspectos da própria personalidade, dos momentos mais alegres aos mais tristes. Um exemplo dos sentimentos mais sombrios compartilhados pelo músico é a faixa “Yer Blues”. As informações são da Far Out Magzine.

+++LEIA MAIS: John Lennon escreveu música para confundir os fãs dos Beatles no White Album - e tudo bem ainda ficar confuso 50 anos depois

Em 1968, os Beatles lançaram o White Album, um trabalho repleto de sentimentos e histórias pessoais. O disco duplo contém diversas faixas escritas anteriormente, mas que não eram adequadas para Sgt. Pepper

Anos antes, os músicosBeatles foram para a Índia como parte do grupo de Meditação Transcendental Maharishi Mahesh Yogi, período no qual meditaram horas por dia como uma forma de tentar "alcançar Deus". Durante a estadia, eles se inspiraram para criação de músicas incríeis, como "Dear Prudence", "Rocky Racoon" e "Yer Blues", de Lennon

+++LEIA MAIS: Qual música do White Album Paul McCartney não considera ‘ser dos Beatles’?

Em entrevista para David Sheff, da Playboy, Lennon falou sobre a canção: “'Yer Blues' também foi escrita na Índia. A mesma coisa lá em cima tentando alcançar Deus e se sentindo suicida”.

No livro The Beatles Anthology, Lennon fala mais sobre a música: “O engraçado sobre o acampamento [de Maharishi] é que, embora fosse muito bonito e eu estivesse meditando cerca de oito horas por dia, eu estava escrevendo as canções mais miseráveis ​​do mundo. Em ‘Yer Blues’, quando escrevi: ‘Estou tão sozinho que quero morrer’, não estou brincando. Foi assim que me senti”.

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney relembra briga com John Lennon: ‘O maluco mais adorável que já conheci’

Apesar de falar sobre a complexidade da vida, morte, perda e Deus, a música também fala de amor. Na época, Lennon e Yoko Ono não haviam iniciado oficialmente o relacionamento, mas já trocavam cartas. Assim, muitas pessoas acreditam que a “garota” mencionada na música seria a própria artista. 

Confira a canção:


+++ JOÃO GORDO ENCARA O DESAFIO MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS