Yoko Ono afirma que John Lennon “tinha desejo de fazer sexo com homens”

Em entrevista, artista discutiu sexualidade do ex-Beatle

Redação Publicado em 13/10/2015, às 13h57 - Atualizado às 15h23

Há 46 anos, um dos casais mais famosos, controversos, artisticamente produtivos e apaixonados da história contraia matrimônio. Relembre dez grandes momentos do inglês John Lennon e da japonesa Yoko Ono.

Ver Galeria
(10 imagens)

Em recente entrevista, Yoko Ono falou sobre especulações acerca da sexualidade de John Lennon. Recentemente, rumores sobre uma possível relação amorosa entre Lennon e Brian Epstein, empresário dos Beatles, ganharam força.

Relembre a vida e a obra de John Lennon em fotos.

Em entrevista ao The Daily Beast, Yoko Ono explicou que a bissexualidade era vista pelo casal como algo comum. “Nós conversamos sobre isso, dizendo basicamente que é uma noção natural do ser humano. E estávamos em uma condição que pensávamos não ser bissexuais por causa da sociedade. Escondemos um lado de nós, aquele mais aceitável".

Paul McCartney na bateria, George Harrison no baixo: as 10 melhores trocas de instrumentos dos Beatles.

Respondendo a uma declaração de Lennon que afirmava que a relação dele como Epstein era “Quase um caso amoroso que nunca foi consumado”, Ono disse: “A história que me contaram era bem explícita e, por isso, acho que eles não fizeram sexo”.

“Brian tentou algo, mas John apenas não queria. Ele tinha desejo de fazer sexo com homens, mas acho que se inibia um pouco”, contou a artista. “No início do ano em que foi morto ele me disse, ‘Eu poderia ter feito isso, mas não posso porque nunca achei alguém que me atraísse muito’”, complementou Ono.