YouTuber causa revolta ao ‘devolver’ filho adotivo depois de quase 3 anos: ‘Repulsiva’

Myka Stauffer revelou que não conseguiu lidar com as necessidades especiais da criança

Redação Publicado em 29/05/2020, às 09h20

None
Myka e James Stauffer (Reprodução: Youtube)

A youtuber Myka Stauffer se tornou alvo de críticas na web após publicar um vídeo no qual revelou que foi preciso “devolver” o filho autista Huxley para a adoção. Ao lado do marido, ela contou que o casal não conseguiu lidar com as “necessidades especiais” da criança vinda da China.

No vídeo, que já possui mais de um milhão de visualizações, Myka e parceiro James não explicam os motivos da decisão para manter a privacidade do garoto, o qual também não teve o novo destino revelado. 

+++ LEIA MAIS: Logan 2: vídeo de fã mostra o retorno do Wolverine que queríamos que fosse verdade

A família já tinha quatro filhos biológicos quando adotou Huxley há quase três anos. De acordo com James, o casal não foi avisado das necessidades da criança pela instituição de adoção internacional.

"Com as adoções internacionais, há incógnitas e coisas que não são transparentes nos arquivos e, uma vez que Huxley chegou em casa, havia muito mais necessidades especiais das quais não tínhamos conhecimento e que não foram informadas", disse o marido.

+++ LEIA MAIS: Felipe Neto faz mea-culpa e admite que impeachment de Dilma ‘podemos chamar de golpe’

Myka agradeceu antecipadamente o apoio dos fãs e pediu para as pessoas serem cautelosas com os comentários que publicam na internet.

"Me sinto um fracasso como mãe? 500%. Então, quando você recebe comentários insidiosos e ofensivos, isso só piora as coisas. Não é sobre mim, é apenas essa jornada, os últimos dois meses foram a coisa mais difícil que eu jamais imaginei optar por fazer, porque, finalmente, depois de derramar nossas entranhas e nosso coração nesse garotinho."

+++LEIA MAIS: Elon Musk e filha de Trump tuítam sobre 'tomar a pílula vermelha' e diretora de Matrix responde: 'Vão se fo***'

Porém, diversos usuários do Twitter criticaram a atitude da youtuber. Uma usuária escreveu: “A síndrome do salvador branco vinda do vídeo da Myka Stauffer é surpreendente e repulsiva. ‘Lar eterno’ como se a pobre criança fosse um cachorro e não um humano”. 

Outro perfil disse: “Então eu assisti o vídeo da Myka Stauffer e ela e o marido literalmente culpam Huxley por causa do comportamento difícil na casa deles quando ele é literalmente uma criança com necessidades especiais. Nada disso é culpa dele. É culpa deles por terem sido pais de me*** que desistiram dele”.

Uma usuária ainda escreveu: “Imagina adotar uma criancinha da China, que é um órfão com necessidades especiais, tirando tudo o que ele conhece apenas para desistir dele e “dar um novo lar” alguns anos depois. Algumas dessas famílias do Youtube são realmente chocantes”. 

Assista ao vídeo:


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE