Morre Zalman King, diretor de Orquídea Selvagem

Cineasta, que também produziu 9 1/2 Semanas de Amor, tinha 69 anos

Redação Publicado em 06/02/2012, às 17h40 - Atualizado às 17h40

Zalman King
Reprodução / IMDB

Zalman King, diretor de Orquídea Selvagem (1990, cuja trama se passa no Rio de Janeiro) e produtor de 9 1/2 Semanas de Amor (1986), morreu na última sexta-feira, 3, vítima de câncer, conforme comunicou um representante de sua produtora ao The Hollywood Reporter.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

A morte do diretor foi primeiro anunciada por Charlie Sheen, por meio de seu Facebook oficial. “O mundo perdeu hoje uma alma brilhante e nobre. Meu querido amigo de 40 anos, Zalman King, acabou de perder a sua batalha contra o câncer. Lutou como um bravo fuzileiro até o final. Faço uma oração por sua incrível mulher Pat e suas adoráveis filhas. Boa viagem, meu amigo”, escreveu o ator.

King nasceu em 23 de maio de 1941 em Trenton, Nova Jersey e ficou conhecido pelo caráter sensual/erótico de boa parte dos filmes em que trabalhou. Entre os filmes que dirigiu também estão Delta de Vênus, Segredos do Prazer e Um Toque de Sedução (seu primeiro trabalho como diretor em longa metragem, de 1988).