Ziggy Marley chama familiares e amigos para álbum família

Filho de Bob Marley, que diz nunca ter pensando "em fazer música infantil antes", lança disco com participações de mulheres do clã Marley, Paul Simon, Jack Johnson e as atrizes Jamie Lee Curtis e Elizabeth Mitchell

Da redação Publicado em 13/04/2009, às 14h21

O terceiro álbum solo de Ziggy Marley, chamado Family Time, vai se destinar à "música familiar" - definição do próprio.

Segundo o site oficial do filho de Bob Marley (1945-1981), o trabalho sai no dia 5 de maio e terá diversas participações: Paul Simon (metade da Simon & Garfunkel), Jack Johnson e o lendário cantor de reggae Toots Hibbert; a cantora havaiana Paula Fuga; o músico de country Willie Nelson; a ex-estrela infantil Laurie Berkner e as atrizes Elizabeth Mitchell (a Juliet de Lost) e Jamie Lee Curtis (que narrará dois contos).

Ziggy - que, em 2002, separou-se de sua banda, a Melody Makers, para alçar voo solo - convocou para o trabalho, ainda, as mulheres do clã Marley: Rita (mãe) e Cedella (irmã). Sua filha de três anos, Judah (filha), a quem chama de "musa", cantará na faixa-título.

Além de inéditas e das historietas na voz de Curtis, o álbum contará com os covers "This Train", do ícone do folk norte-americano Woody Guthrie (1912-1967), e "Hold 'Em Joe", calypso jamaicano já gravado por medalhões como Harry Belafonte e Sonny Rollins.

"Nunca pensei em fazer música infantil antes. Mas percebi o motivo de estar sendo levado para este mundo de música familiar", contou Ziggy ao site da revista Billboard. O músico vai doar parte dos lucros de Family Time para a escola Chepstowe, em Porto Antonio, Jamaica. "É porque devemos falar às crianças agora. Elas têm a mente aberta. Crescerão e farão do mundo um lugar melhor; então, precisam começar a discutir."

O disco sairá pelo Tuff Gong, selo fundado em 1965 por Bob Marley. À época, o ícone do reggae buscava uma alternativa às grandes gravadoras para produzir, distribuir e promover sua música.

Ziggy se junta a Fergie na Páscoa de Obama

Marley foi convidado pela administração do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para se apresentar neste domingo de Páscoa, 13, em palco à frente da Casa Branca. Segundo a agência de notícias Associated Press, 30 mil pessoas saíram às ruas de Washington D.C. para conferir a perfomance do astro de reggae e da vocalista do Black Eyed Peas, Fergie, no White House Easter Egg Roll.