Zodíaco: Assassino que inspirou filme com Mark Ruffalo e Robert Downey Jr. é identificado 50 anos depois

O serial killer que aterrorizou os EUA nos anos de 1960 e 1970 inspirou o filme Zodíaco, lançado em 2007 com astros como Mark Ruffalo e Robert Downey Jr.

Camilla Millan Publicado em 06/10/2021, às 16h24 - Atualizado em 10/10/2021, às 09h54

None
Retrato de Gary Francis Poste, identificado como o Assassino do Zodíaco (Foto: Reprodução)

A identidade do infame Assassino do Zodíaco, responsável por aterrorizar os Estados Unidos nas décadas de 1960 e 1970, foi finalmente descoberta por investigadores. Segundo a equipe independente que seguiu as pistas e pesquisas, o homem por trás de mais de 20 mortes chama-se Gary Francis Poste e faleceu em 2018.

Conforme explicou a Revista Monet, o homem ficou conhecido por ter uma “assinatura” peculiar ao cometer os crimes, além de mandar diversas mensagens misteriosas e criptografadas para o jornal San Francisco Chronicle. Apesar de cinco mortes serem confirmadas relacionadas ao criminoso, investigações apontam que o número total de vítimas pode chegar a 28 — e a primeira foi registrada em 1968.

+++LEIA MAIS: Por que Robert Downey Jr. deixou jarros com urina no set de Zodíaco?

O caso ficou tão famoso que, em 2007, o filme Zodíaco foi lançado inspirado no assassino. A produção dirigida por David Fincher foi estrelada por grandes nomes do cinema, como Jake Gyllenhaal, Robert Downey Jr. e Mark Ruffalo. Na trama, os jornalistas do TheChronicle tentam desvendar os enigmas enviados pelo assassino.

Segundo informações da Fox News, o mistério foi possivelmente solucionado por uma equipe de mais de 40 detetives, jornalistas e oficiais de inteligência militar faziam parte do grupo chamado Case Breakers, que identificou o homem.

+++LEIA MAIS: 4 motivos para assistir Os Filhos de Sam, nova série de true crime da Netflix [LISTA]

A equipe desconfiava que Gary Francis Poste era o responsável por alguns dos crimes cometidos pelo Assassino do Zodíaco, e vasculhou câmeras de segurança e evidências forenses para provar que o homem estava por trás dos crimes. Um ponto-chave para descoberta foram as cicatrizes no rosto de Poste, que batiam com descrições do assassino.

Ainda, algumas cartas enviadas pelo Assassino do Zodíaco foram decifradas pela equipe. Após diversas tentativas, descobriram que o nome completo de Poste era a chave para destrinchar as mensagens criptografadas feitas na época. A polícia ainda não confirmou se o homem é, de fato, o criminoso — essa é a conclusão da equipe de investigação independente.

+++LEIA MAIS: Por que Robert Downey Jr. ficou estressado com David Fincher nas filmagens de Zodíaco?


Gary Francis Poste

gary francis poste assassino zodíaco
Segundo reportagem da Fox News, Poste era um veterano da Força Aérea dos Estados Unidos, e depois passou a trabalhar com pinturas de casas. À reportagem, uma vizinha do homem afirmou que aprendeu a atirar após aulas com Poste — segundo ela, um homem controlador e abusivo com a esposa. Os familiares do possível criminoso não responderam.


Investigação do Assassino do Zodíaco

Por permanecer décadas no anonimato sem grandes evidências ou provas, o Assassino do Zodíaco é considerado por especialistas como o “crime perfeito”. Segundo o site Aventuras na História, no final da década de 1960, o homem matou cinco pessoas ao longo de dez meses, apesar de ter reivindicado 37. As vítimas tinham entre 16 e 29 anos, em sua maioria, morreram baleadas ou esfaqueadas.

+++LEIA MAIS: Por que a cultura pop tem obsessão por serial killers? [ANÁLISE]

Os assassinatos eram previamente planejados, pois os sobreviventes relatavam serem observados e perseguidos pelo homem. Além disso, o Assassino do Zodíaco nunca deixava impressões digitais nas vítimas e locais do crime, o que dificultou ainda mais localizá-lo. Ele também se comunicava com jornais através de cartas com códigos dos quais somente dois foram decifrados.

Durante vários anos, o principal suspeito foi Arthur Leigh Allen, quem utilizava um relógio da marca Zodiac. Ainda, o homem teria lido um conto que uma das cartas fazia referência e teria sido identificado por um dos sobreviventes em uma foto. No entanto, ele morreu em 1992 sem ser indiciado, pois, as provas eram inconclusivas.

+++LEIA MAIS: 4 motivos para assistir O Caso Evandro no Globoplay: de trama instigante a grandes entrevistas [LISTA]

Sem grandes evidências, pistas ou suspeitos, a investigação sobre o Assassino do Zodíaco foi considerada "inativa" pelo Departamento de Polícia de São Francisco em 2004. Anos depois, em 2007, as investigações foram retomadas — e estão abertas até a atualidade. 

Mark Ruffalo responde identificação do Assassino do Zodíaco

Mark Rufallo atuou ao lado de Jake Gyllenhaal e Robert Downey Jr. no filme inspirado no notório criminoso — e na quarta, 6 de outubro, o astro usou o Twitter para dizer que não tem tanta certeza acerca das novas informações sobre o caso:

+++LEIA MAIS: Assassino do Zodíaco: 3 verdades e 3 mentiras no filme com Robert Downey Jr., Mark Rufallo e Jake Gyllenhaal [LISTA]

"Eu já passei por isso antes. Fiz até um filme sobre isso. Talvez... Ou talvez não. A cada par de anos, alguém diz que finalmente descobriu a identidade dele. Mas vamos esperar que eles tenham acertado dessa vez."