Datena critica ataques de Bolsonaro às eleições e anuncia: 'Sou candidato à presidência'

Durante o programa Brasil Urgente, o apresentador Datena afirmou que é candidato à presidência pelo partido PSL

Redação Publicado em 04/08/2021, às 11h08

None
Datena apresenta canal do Youtube (Foto: Reprodução/Youtube)

José Luiz Datena afirmou ser pré-candidato à presidência pelo PSL na terça, 3 de agosto. Durante o programa Brasil Urgente, o apresentador criticou ataques de Jair Bolsonaro (sem partido) às eleições, e negou notícias de que seria vice de Ciro Gomes (PDT) ou do atual presidente.

Conforme divulgado pelo UOL, Datena comentou: "Na semana passada, a revista Veja publicou que Bolsonaro me queria como vice dele, e hoje, o diário O Povo, do Ceará, disse que o Ciro [Gomes] me quer como vice dele. Eu queria avisar que sou candidato à Presidência da República pelo PSL, esse é o detalhe."

+++LEIA MAIS: Datena defende Bonner em polêmica com Bolsonaro: 'Respeito meus colegas'

O apresentador continuou a comentar sobre os rumores de que se candidataria a vice de Bolsonaro ou Ciro, e criticou os ataques do atual presidente às eleições, assim como às urnas eletrônicas:

"Fico muito lisonjeado pelo Ciro. Quanto a ser vice do Bolsonaro, é difícil encontrar alguma identificação direta, ele fica toda hora dizendo que não vai ter eleição. Como pode ser vice de alguém que diz que não vai ter eleição?", disse.

+++LEIA MAIS: 'Covarde', diz filho de Bruno Covas após ataque de Bolsonaro ao ex-prefeito de São Paulo

Segundo Datena, eleições com voto impresso fazem com que a corrida presidencial perca a credibilidade. Durante o programa, o apresentador relembrou as eleições realizadas no Brasil antes da mudança para as urnas eletrônicas:

"Quando tinha voto no papel no Brasil, era uma roubalheira desgraçada. E quanto tempo o Bolsonaro vem sendo eleito pelo voto eletrônico? Foi presidente pelo voto eletrônico, quantas vezes foi parlamentar pelo voto eletrônico?", afirmou.

+++LEIA MAIS: ‘Está difícil’, diz Bolsonaro sobre busca por partido para eleições de 2022

José Luiz Datena continuou "Ficar toda hora ameaçando as eleições é antidemocrático, e eu sou democrata até a morte, para mim, não interessa a ideologia. Respeitando as leis, está tudo certo. Se não respeitar, não conte comigo e nem passe perto de qualquer convite ou coisa parecida para desrespeitar a lei e a democracia."

O apresentador ainda afirmou, segundo o UOL, que as declarações de Jair Bolsonaro parecem que o presidente tem medo de não conseguir vencer corrida presidencial de 2022: "Que se dispute as eleições e quem for melhor, ganhe. Se quiser ganhar, faça campanha e ganhe de novo. Parece até que está com medo de perder as eleições".

+++LEIA MAIS: 'Está na cara que querem fraudar', diz Bolsonaro sobre eleições de 2022


+++ FIUK: 'TENHO ROCK NA VEIA DESDE CRIANÇA' | ENTREVISTA | RS