Datena explode com bolsonaristas após xingamentos à Band: ‘Ninguém vai aceitar desrespeito’

Datena comentou a hostilização ao repórter da Band que cobriu as manifestações pró-governo nesta terça, 7 de setembro

Redação Publicado em 08/09/2021, às 18h14 - Atualizado em 09/09/2021, às 14h01

None
Datena apresenta canal do Youtube (Foto: Reprodução/Youtube)

José Luiz Datena, âncora do programa Brasil Urgente, da Rede Bandeirantes de televisão, revoltou-se com comentários dos apoiadores do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido), os quais chamaram a emissora do apresentador de "lixo" durante a manifestação pró-governo na Avenida Paulista, em São Paulo (SP), nesta terça, 7 de setembro.

De acordo com informações do TV e Famosos, do UOL, os insultos foram direcionados ao repórter Cesar Cavalcante, que foi ao local para cobrir o evento e acompanhar o ato, mas foi hostilizado pelos manifestantes — não apenas o profissional da Band, mas outras emissoras e veículos jornalísticos também receberam comentários ofensivos.

+++LEIA MAIS: Caminhões pró-Bolsonaro pressionam invasão ao acesso do STF em Brasília; entend

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by José Luiz Datena (@datenareal)


A resposta de Datena veio durante o próprio programa: "Pode tirar a imagem! Democracia é democracia, agora ninguém aqui vai aceitar desrespeito ao repórter que está lá. Nem à imprensa. Ninguém aqui é obrigado a aceitar isso", declarou o apresentador. 

Datena enfatizou como aquelas pessoas "não representam o Brasil" e criticou a produção do programa por enviar um repórter a um ato pró-governo, pois sabia que poderia ser hostilizado. "Pedi para não colocar repórter aí desde ontem e sugiro que retirem os repórteres daí imediatamente. Para ficar sendo chamado de 'lixo' ou expor o repórter, que pode ser espancado daqui a pouco, é melhor tirar daí. Esse é o clima de ódio gerado pelas eleições que temos que enfrentar."

+++LEIA MAIS: Datena critica ataques de Bolsonaro às eleições e anuncia: 'Sou candidato à presidência'

Por fim, Datena expressou como esse tipo de comportamento não seria aprovado por Jair Bolsonaro, pois o presidente "não quer confronto." Mas, deixou claro como grandes nomes da comunicação não permitirão que "xinguem a imprensa de 'lixo.' Tenho muito orgulho da imprensa da qual participo. Não vou permitir isso aqui," finalizou.