Lula venceria Bolsonaro e todos os candidatos em eleições de 2022, diz pesquisa

A pesquisa Ipesp/XP mostra uma piora do cenário para Bolsonaro em 2022 - assim como maiores números para Lula

Redação Publicado em 18/08/2021, às 15h49

None
Montagem de Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: AP/Eliária Andrade /Agência o Globo/ GDA) e Jair Bolsonaro (Foto: Andressa Anholete/Getty Images)

Em meio aos ataques de Jair Bolsonaro (sem partido) ao Supremo Tribunal Federal (STF) Tribunal Superior Eleitoral (TSE), urnas eletrônicas e mais, a situação do atual presidente nas eleições de 2022 parece piorar. A pesquisa Ipesp/XP indica que, enquanto os números do atual chefe de Estado caem, os de Lula (PT) crescem para a corrida presidencial.

Segundo a coluna de Reinaldo Azevedo no UOL, o levantamento indica que Lula venceria de todos os adversários em 2022, enquanto Bolsonaro, provavelmente, perderia para todos. Para a realização da pesquisa, foram feitas 1000 entrevistas de 11 a 14 de agosto nacionalmente.

+++LEIA MAIS: ‘Nunca tive tanta vontade de ser presidente’, diz Lula sobre eleições de 2022

Na votação espontânea, Lula aparece com 28% enquanto Bolsonaro tem 22%. 33% dos entrevistados afirmaram não ter escolhido um nome enquanto 11% disseram que não sabem, votarão nulo ou em branco.

Um primeiro cenário do levantamento mostra Lula com 40%, Bolsonaro com 26%, Ciro Gomes em 10%, Sérgio Moro com 9%, Luiz Henrique Mandetta (DEM) com 4%, Eduardo Leite (PSDB) 4%, e 9% não sabem se votaram nulo ou em branco.

+++LEIA MAIS: Lula acredita que Bolsonaro não tem força para dar golpe militar, diz jornal

Em outro cenário, Lula tem 38%, Bolsonaro 28% e Ciro 11%. Doria, Mandetta e Datena somam 5%, Rodrigo Pacheco tem 1%, e 9% não sabem ou não escolheriam ninguém para votar.

Conforme a reportagem do UOL, o levantamento também pesquisou os resultados de um possível segundo turno — e nessa caso, Lula venceria todos os adversários. Derrotaria Bolsonaro por 51% a 32%, Moro por 49% a 34%, Eduardo Leite por 51% a 22% e Ciro Gomes por 49% a 31%.

+++LEIA MAIS: Bolsonaro 'agride, desrespeita e não governa o país', diz Lula

A situação de Bolsonaro em um segundo turno não seria boa. Segundo o UOL, o atual presidente perderia de todos os adversários, mesmo com as diferenças na margem de erro de 3,2 pontos percentuais. Contra Ciro, o chefe de Estado perderia de 44% a 32%, com Moro seria 30% a 36%, Doria seria 35% a 37%, e até contra Eduardo Leite o atual presidente seria derrotado de 35% a 33%.

Apesar de não anunciar formalmente a candidatura, o ex-presidente Lula aparece na liderança em diversas pesquisas eleitorais realizadas ao longo do ano. Em 30 de julho, por exemplo, o levantamento Atlas Político mostra Jair Bolsonaro (sem partido) com a maior rejeição desde o início das pesquisas enquanto o petista aparece com boas porcentagens.


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!