Pulse

'Apreensão' e raridades: Emicida e Elza Soares voltam como protagonistas no Rock in Rio 2019

Rapper volta ao festival pela terceira vez, já a cantora repete participação, agora como atração principal

Pedro Antunes Publicado em 26/09/2019, às 21h30

None
Emicida (Foto: Victor Balde) e Elza Soares (Foto: Marcos Hermes)

Elza Soares está apreensiva. E é gigantesca a ponto de admiti-lo. Com um novo disco, Planeta Fome, lançado recentemente, a cantora voltará ao Rock in Rio nesta edição de 2019 como atração principal do seu show, diferentemente do que ocorreu dois anos atrás, quando enfim estreou no festival carioca. Agora, é com Elza.

A artista fez a primeira participação no Rock in Rio em 2017, quando foi a convidada de Rael para uma apresentação no dia 16 de setembro de 2017. Era um sábado e Elza vivia a novíssima fase da carreira, erguida ao topo com o disco A Mulher do Fim do Mundo, de 2015, lançado com o auxílio do edital Natura Musical.

LEIA MAIS: Sobrevivência no Rock in Rio 2019: 20 dicas sobre ingressos, como chegar e o que pode levar

Essa nova fase agora tem mais dois discos, tão icônicos quanto o primeiro deles, Deus É Mulher e Planeta Fome. Desta vez, é ela quem convida. Estarão no palco com ElzaAs Bahias e a Cozinha Mineira, Kell Smith e Jéssica Ellen, no Palco Sunset, dia 29 de setembro, domingo, às 16h55.

Emicida - cujo último disco, chamado Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa (2015), e turnê foram realizados com o auxílio do edital Natura Musical - está prestes ter a terceira experiência no Rock in Rio. O rapper terá, também pela primeira vez, a missão de comandar a apresentação, também no palco Sunset - no dia 3 de outubro, às 19h05.

+++ LEIA MAIS: Como o rap, enfim, chega ao Rock in Rio - apesar da polêmica que envolve o nome Espaço Favela [ANÁLISE]

Será uma experiência diferente das duas anteriores, quando, em 2011, na retomada do Rock in Rio, ele se apresentou ao lado de Cidade Negra e Martinho da Vila; ou de 2017, quando foi convidado para participar do show cantor norte-americano de R&B Miguel.

Desta vez, Emicida estará ao lado do duo Ibeyi, com quem, inclusive, lançou duas músicas. Um ano atrás, os três juntos soltaram "Hacia El Amor". Às vésperas do Rock in Rio, Emicida e Ibeyi lançaram "Libre", faixa que estará no novo disco do artista, chamado AmarElo, a ser lançado ainda em 2019.

Emicida e Elza Soares têm papéis de protagonistas no Rock in Rio 2019, um festival que reúne 700 mil pessoas na Cidade do Rock, em sete dias dedicados à música. E entendem, também, a importância dele.

'Festival gringo em nosso País', diz Emicida

"O que muitas vezes a gente não pensa é que o Rock in Rio é um festival internacional dentro do nosso próprio país. Então tem artista que tá vindo de fora fazer show lá e lança single na véspera e essas coisas", avalia Emicida.

LEIA MAIS: Depois de esnobar Anitta, funk chega com tudo ao Rock in Rio 2019 [ANÁLISE]

Como Emicida aponta, o público do festival, aos poucos, percebe a importância da música brasileira dentro da escalação do Rock in Rio. "Aos poucos, o público e a gente foi tomando essa consciência também. Tem muita coisa pra gente aplaudir no nosso país".

'Quero dar o meu melhor', diz Elza Soares

Para o rapper, o palco Sunset, no qual ele e Elza Soaresse apresentarão, tem roubado a cena e o "protagonismo o Palco Mundo", considerado o principal palco do Rock in Rio, onde tocam as atrações de audiências mais robustas. "Tem alguns encontros que só existiram lá, como o Rael e Elza Soares. O show com as meninas do Ibeyi também é tipo raro."

"A gente fica sempre meio apreensivo, é lógico", admite Elza, à Rolling Stone Brasil. "Ano retrasado, foi uma coisa, este ano é outra: sou a atração principal do Rock in Rio."

Ela segue: "Fico querendo dar meu o melhor. Quero sempre fazer melhor: nesse caso, melhor do que foi em 2017.Estou nervosa sim, pois quero dar a todos o melhor que tenho.”


A Rolling Stone Brasil está no Rock in Rio 2019 a convite da Natura Musical