Rock in Rio 2019: Com show impecável, IZA e Alcione mostram força da música brasileira

Em encontro inédito, a dupla reuniu uma multidão em torno do palco Sunset nesse domingo, 29

Nicolle Cabral Publicado em 29/09/2019, às 20h46

None
IZA no Rock In Rio 2019 (Foto: Dutra/I Hate Flash)

De um lado da história, uma das mais notórias artistas do samba no país. De outro, a revelação pop com posto de estrela dentro do gênero, Alcionee IZA respectivamente. 

Mas neste domingo, 29, no palco Sunset do Rock in Rio 2019, essas duas artistas que caminhavam em pontos diferentes se reuniram para um show inédito. 

+++LEIA MAIS: Bon Jovi luta contra o tempo, enquanto Elza Soares o abraça: o que esperar do 3º dia de Rock in Rio 2019 

No primeiro momento, IZA subiu ao palco ao lado de dançarinos e fez um espetáculo com os hits “Ginga”, “Esse Brilho É Meu” e “Meu Talismã”. Durante a apresentação, relembrou de quando veio ao Rock in Rio para participar do show de Ceelo Green em 2017. 

“No show do Sam Smith, ajoelhei no chão e disse: eu sei que em 2017 não vai dar, mas em 2019, eu espero fazer no palco o que ele está fazendo!”. Dois anos depois, a artista ganhou um palco para chamar de seu. 

+++LEIA MAIS: Rock in Rio 2019: Ivete Sangalo prova que o axé é tão bem-vindo no festival quanto o rock

Com coreografia impecável e vocal potente, IZA mostrou ao público do Rock in Rio que merece o posto de popstar. Na sequência, Luara, de 9 anos de idade, vestida com um figurino semelhante à da cantora, chegou ao palco e as duas dançaram juntas. Os fãs vibraram. 

Indicada ao Grammy Latino com o álbum de estreia, "Dona de Mim", lançado em 2018, a cantora seguiu com o sucesso “Brisa”. Versões de “Man Down”, de Rihanna e “Maria Maria”, de Milton Nascimento, “Chain of Fools” de Aretha Franklin, gravada anteriormente pelas artistas no Red Bull Music Studios, também entraram no repertório. 

+++LEIA MAIS: Rock in Rio 2019: Plutão Já Foi Planeta exalta cultura nordestina e Mahmundi agita com pop oitentista

Depois, o clima de samba invadiu a cidade do Rock. Alcione entrou no palco ao som de “Não Deixa o Samba Morrer”, e as duas, lado a lado e plena sintonia, fizeram uma apresentação impecável. A multidão reunida ao redor do Palco Sunset delirou com o refrão de “Você Me Vira a Cabeça” e ovacionaram Marrom. 

Com 45 anos de carreira, e mais de 40 discos lançados, Alcione já havia passado pelo Rock in Rio para uma apresentação solo em 2015, para celebrar os 450 anos do Rio de Janeiro. 

Ao fim, o encontro da dupla celebrou a música brasileira e fez com que o público desejasse ver mais dessa parceria. 


A Rolling Stone Brasil está no Rock in Rio 2019 a convite da Natura Musical