Pulse

Rock in Rio 2019: Com fórmula certa, Paralamas do Sucesso reúne diferentes gerações

Depois do dia do metal e do pop, Paralamas do Sucesso aliviou o clima do festival neste domingo, 6

Nicolle Cabral Publicado em 06/10/2019, às 19h01

None
Os Paralamas do Sucesso (Foto: Reprodução Rock in Rio / iHate Flash)

Como uma grande celebração dos 34 anos, oRock in Rio  reuniu várias atrações que tocaram na estreia do festival em 1985. Entre elas, os grandes do metal Iron Maiden, os melódicos Scorpions, Whitesnakee um dos representantes do rock nacional, Paralamas do Sucesso.

Todos esses artistas, depois de três décadas, subiram no Palco Mundo nesta edição, com exceção do Whitesnake.

Para encerrar a maratona intensa de sete dias de festival no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, a banda de rock brasileira foi a primeira atração do principal palco neste domingo, 6.

Com 37 anos de carreira, Paralamas do Sucesso fez a apresentação tradicional que mantém a fama e ainda enche as casas de shows - como o Espaço das Américas, em São Paulo - com os hits “Meu Erro”, “Cuide Bem do Seu Amor”, “A Onde Quer que Eu Vá”.

+++ Leia Mais:Rock In Rio 2019: Só com músicas antigas, Iron Maiden mostra que não sabe fazer show ruim no Brasil

Com sopros e ritmos latinos, o trio, formado por Herbert Vianna, na guitarra e vocal, Bi Ribeiro no baixo e João Barone na bateria, apresentou uma versão de “A novidade”, de Gilberto Gil, e cantou o sucesso do início dos anos 2000, “Caleidoscópio”.

Com fórmula certa, o grupo, que coleciona três Grammys Latinos de Melhor Álbum Brasileiro e cinco milhões de cópias de álbuns vendidos, provou como sabe reunir diferentes gerações em um mesmo espaço sem o menor conflito.

+++ Leia Mais: Rock in Rio 2019: Emicida e Ibeyi homenageiam Ágatha Félix em show memorável


A Rolling Stone Brasil está no Rock in Rio 2019 a convite da Natura Musical