Iron Maiden, incansável, e Nervosa, a única banda totalmente feminina do Dia do Metal: o que esperar do 5º dia de Rock in Rio

Nesta quinta, 3, o heavy metal volta a ser a grande estrela da programação na Cidade do Rock

Nicolle Cabral Publicado em 04/10/2019, às 04h00

None
Iron Maiden (Foto: Amy Harris/Invision/AP)

Enfim, chegou o Dia do Metal, tão aguardado pelos fãs do Rock in Rio. Com uma programação inteira voltada para o gênero que dá nome ao festival, bandas como Iron Maiden, Scorpions, Helloween e Sepultura sobem ao palco Mundo na Cidade do Rock, localizada no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. 

Quando a venda de ingressos foi liberada, cerca de duas horas depois do início, o passaporte para conferir o Dia do Metal estava oficialmente esgotado. Mesmo com algumas novas atrações, na tentativa de ampliar a diversidade do festival, o gênero é predominante e reafirma sua força depois de 34 anos quando o heavy metal foi a grande estrela da primeira edição do Rock in Rio

+++ LEIA MAIS: Brasil é o país que mais ouve Iron Maiden no mundo; veja lista com artistas do Rock in Rio 2019

Pela quarta vez no evento, o Iron Maiden é a única atração principal mais ouvida no Brasil do que qualquer outro país do mundo. Segundo dados do YouTube Charts, os brasileiros são 13,8% da audiência total do YouTube.

Não há dúvidas que o grupo britânico de heavy metal é um dos símbolos do Rock in Rio. Acostumado com as legiões de fãs, o Iron Maiden presenciou duas edições históricas, 1985 e 2001, a última, inclusive, deu origem ao disco duplo ao vivo Rock in Rio, dirigido por Steve Harris, baixista do grupo. 

Agora quase 20 anos depois, eles 'prometem estarem melhores do que 1985', segundo uma entrevista para o portal G1. Com 16 álbuns de estúdios gravados, os britânicos apresentarão a turnê Legacy of the Beast, com uma produção cênica inédita para a Cidade do Rock. Iron Maiden sobe ao palco Mundo às 21h30. 

Setlist 

Com um setlist repleto de hits, entre eles "Fear Of The Dark" e "The Number Of The Beast", o repertório engloba outras raridades que não eram tocadas nos shows desde 1986, como "Sign Of The Cross", "The Wicker Man", "Where Eagles Dare", "The Clansman" e "For The Greater Good Of God". A aposta é que os britânicos sigam a sequência abaixo: 

1. Transylvania
2. Doctor Doctor
3. Churchill's Speech
4. Aces High
5. Where Eagles Dare
6. 2 Minutes to Midnight
7. The Clansman
8. The Trooper
9. Revelations
10. For the Greater Good of God
11. The Wicker Man
12. Sign of the Cross
13. Flight of Icarus
14. Fear of the Dark
15. The Number of the Beast
16. Iron Maiden
17. The Evil That Men Do
18. Hallowed Be Thy Name
19. Run to the Hills
20. Always Look on the Bright Side of Life

Só tem no Palco Mundo 

Além do show mais esperado da noite, o Rock in Rio escalou outros representantes do gênero em todos os palcos.

Para abrir o Dia do Metal, Sepultura chega no Palco Mundo com os clássicos "Inner Self" e "Roots Bloody" às 17h30. Logo após, um dos maiores nomes do melodic speed metal, Helloween se apresenta. A banda alemã foi escalada na programação do festival depois de Dave Mustaine, vocalista do Megadeth ser diagnosticado com câncer na garganta. Com um repertório de hits, como "I Want Out", "Dr. Stein" e "Future World", o grupo faz show às 19h30.

Escalado para o último horário da programação, Scorpions retorna 34 anos depois de ter se apresentado na primeira edição do Rock in Rio. Responsável por influenciar boa parte do legado do metal e hard rock, os alemaõs cantaram os clássicos "Still Loving You" e "Blackout" às 0h10. 

+++ LEIA MAIS: Scorpions volta ao Rock in Rio 34 anos depois como headliner 'improvável': 'Lembramos de cada minuto' [ENTREVISTA]

Se prepara pro mosh!

No Sunset, o trio feminino Nervosa, apresenta às 15h o thrash metal furioso presente nos três álbuns da carreira. A banda é a única do festival composta inteira por mulheres. Na sequência, Torture Squad & Claustrofobia mostram a habilidade de 26 anos fazendo música 'pesada' às 16h25 com um convidado especial, Chuck Billy (Testament). Anthrax, um dos pioneiros do thrash metal, promete riffs marcantes e muito mosh na galera às 18h30. 

Em clima de despedida, Slayer retorna à Cidade do Rock com a turnê de encerramento da banda. Com 37 anos de carreira, Slayer foi indicado cinco vezes ao Grammy e o venceu dois anos consecutivos. 

Lado B do metal 

No Espaço Favela, o metal acontece. Com AGONA, o palco ganha a energia agressiva do death metal e groove metal às 18h40. Logo após, às 20h10, a banda Canto Cego comanda a sonoridade no mesmo palco. Vindos da Favela da Maré, o grupo de rock já se apresentou em um dos maiores festivais europeis, Montreux Jazz Festival. 

Enquanto isso, no palco Supernova, Fire Strike desembarca o heavy metal oitentista na Cidade do Rock às 15h30. Às 17h30, Eminence mantém essa atmosfera com a adição do groove ao death metal. Uma hora depois, Noturnall inflama mais uma vez a plateia do Rock in Rio. 

No mesmo palco, às 19h30, Armored Dawn mostra o por que é considerado uma das revelações do viking metal. O primeiro álbum do grupo, Power of Warrior, foi produzido por Tommy Hansen, do Helloween

Depois de tanto bate-cabeça, o Rock in Rio prepara um dia do pop com Pink, Black Eyed Peas, H.E.R (soul e R&B) e Anitta no sábado, 5. Já no domingo, 6, o encerramento do festival fica com Muse, Imagine Dragons, Nickelback e Os Paralamas do Sucesso. Confira aqui o nosso guia de sobrevivência Rock in Rio 2019


A Rolling Stone Brasil está no Rock in Rio 2019 a convite da Natura Musical