Mano Brown revele pesadelos com fim do mundo antes da pandemia: ‘Pensei que isso só acontecesse na Bíblia. Fiquei com medo'

Durante a live do rapper com o Dr. Drauzio Varella, temas como racismo e música também foram abordados; assista

Redação Publicado em 25/06/2020, às 09h00

None
Mano Brown (Foto: Daryan Dornelles)

Durante a live “crossover” de Mano Brown com o Dr. Drauzio Varella, o rapper revelou que, antes da pandemia, ele teve um pesadelo “sinistro” com o “fim do mundo”. A notícia foi dada pelo portal Uol.

+++LEIA MAIS: Moro fala à Time: ‘Não entrei no governo para servir a um mestre’

Na época, o rapper e líder do Racionais MCs não deu tanta importância ao sonho, mas, hoje, sente medo, pois achava que este tipo de coisa “só acontecia na Bíblia”.

"Eu tinha tido uns sonhos. Eu vinha sonhando com um sentimento muito parecido com aquele há meses”, disse Brown. “E sempre vinha o mesmo sonho de uma coisa grande que estava vindo e eu tinha medo, tentava fugir. Quando eu conseguia fugir, as pessoas que estavam comigo eram estranhas. Eu não conhecia. Mas a gente tentava correr para um lado só.”

+++LEIA MAIS: Mano Brown cria playlist romântica com Marvin Gaye, Stevie Wonder e Milton Nascimento; veja

E continuou: “Era um sonho tão fora do normal que eu não dei moral. Depois, eu sonhei de novo, sonhei de novo. Duas noites em sequência, eu sonhei com esse sentimento de uma coisa grande vindo. Não sei se era água, o que era aquilo. E no dia da pandemia eu senti exatamente aquilo.”

"Eu olhei pela janela, vi o sol baixando e o medo no ar. Aquele medo, medo do fim do mundo. ‘Mano, o mundo vai acabar, mano. E agora, o que será de nós?’ Pensei que isso só acontecesse na Bíblia. Eu senti o gosto do sonho, fiquei com medo. Falei que não queria sonhar mais, não. De lá para cá, meus sonhos ficaram todos leves, bem leves. É engraçado", concluiu.

+++LEIA MAIS: Lives da quarentena com Ivete Sangalo, Elba Ramalho, Luan Santana; veja as datas e horários

O encontro virtual foi realizado na última quarta, 24, às 18h, e batizado de 'Draw e Brown', nome que Varella disse que não inventou, mas adorou. Ainda, foram abordados temas como "racismo, música e os problemas que nós estamos vivendo na sociedade brasileira."

Assista ao bate-papo entre Mano Brown e Drauzio Varella abaixo:

 


+++ A PLAYLIST DO SCALENE