Pulse

Palco gigante do Rock in Rio quase impediu fã de pedir namorada em casamento durante o show do Foo Fighters

O vocalista da banda notou a tentativa do rapaz e o ajudou a executar o plano

Lorena Reis Publicado em 30/09/2019, às 14h12

None
Juliano Balan e Keth Damasceno (Foto: Reprodução)

Uma proposta de casamento pode ser o momento mais marcante da vida alguém. Imagina, então, em cima de um palco durante o show do Foo Fighters, transmitido ao vivo pela TV e com 100 mil pessoas na plateia?

Pois foi o que aconteceu no último sábado, 28, com Juliano Balan, de 27 anos, que pediu a mão de sua namorada, Keth Damasceno, de 22, em casamento enquanto a banda favorita do casal se apresentava no Rock in Rio 2019.

Em entrevista à Rolling Stone BR, o rapaz disse que "tinha planejado tudo" antes de chegar na Cidade do Rock, embora não pudesse ter certeza de que daria certo. Com o objetivo de surpreender a companheira, Balan levou escondido um cartaz vermelho na tentativa de ser notado por Dave Grohl. "Minha noiva não sabia. Ela descobriu na hora", disse.

O que Balan não imaginava era que o palco era tão extenso que seria muito difícil chamar a atenção do ídolo, até que recebeu uma ajuda muito bem-vinda: "Uma pessoa que eu não conheço me levantou no ombro e foi abrindo espaço na plateia, como no Mar Vermelho. Pedindo licença, ele me levou para a grade."

O carismático vocalista do Foo Fighters enfim leu a placa, que dizia: "Foos, posso pedir a mão da minha namorada em casamento em cima do palco?"

E, assim, o plano foi executado com sucesso. "Eu lia os lábios do Dave [Grohl]. Ele perguntou se eu tinha certeza do que eu estava prestes a fazer, e eu concordei. Então, ele fez um sinal com a cabeça, me pedindo para subir, e a galera me empurrou na direção dele", revelou. "Foi surreal!"

Damasceno, que não sabia de nada, mal acreditou quando seu namorado, agora noivo, pegou o microfone e perguntou: "Keth, quer casar comigo?"

Enquanto o público gritava, eufórico, a jovem subia no palco para aceitar o pedido. "Eu nem imaginava que ele faria algo assim, então eu fiquei muito nervosa", ela revela. "Agora só falta marcar a data do casamento."

Veja o vídeo aqui.

+++ Leia mais: Rock in Rio 2019: Foo Fighters mostra porque é a escolha perfeita para liderar os principais festivais do mundo

Impacto cultural

Formado em 1994, no mesmo ano da morte de Kurt Cobain (e, consequentemente, no mesmo ano em que o Nirvana encerrou as atividades), o Foo Fighters, grupo liderado por Dave Grohl, ex-baterista do Nirvana, se mostra tão ativo e enérgico em 2019 quanto em seus anos iniciais.

Esta foi a quinta vinda do Foo Fighters ao país. Em território nacional, eles já passaram por cidades como Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belo Horizonte. A passagem mais recente por aqui foi em 2018, quando vieram em conjunto com o Queens of the Stone Age para promover o disco Concrete and Gold.

Além disso, a banda já havia se apresentado na terceira edição do Rock in Rio, no dia 13 de janeiro de 2001, um dia antes do aniversário de Dave Grohl. Na ocasião, Cassia Eller, que morreu no final daquele ano, subiu no palco para lhe entregar um bolo e cantar parabéns. Além disso, ela interpretou a música "Smells Like Teen Spirit", do Nirvana.


A Rolling Stone Brasil está no Rock in Rio 2019 a convite da Natura Musical