Rock in Rio 2019: Em completa sintonia, CPM 22 e Raimundos fazem show explosivo dedicado aos clássicos

Juntas, as duas bandas tocaram como se fossem uma só, e transportaram o público por uma viagem nostálgica

Igor Brunaldi Publicado em 28/09/2019, às 20h06

None
Raimundos e CPM 22 no Rock in Rio 2019 (Foto: Renan Olivetti/I Hate Flash)

Assim que acabou o show do Detonautasno Palco Sunset, a multidão que estava lá correu para o Palco Mundo para manter a dose de adrenalina e nostalgia lá em cima com o show conjunto do CPM 22 e Raimundos.

Neste sábado, segundo dia de Rock in Rio 2019, a apresentação que eles fizeram foi muito mais do que apenas uma colaboração. Em sintonia, as duas bandas tocaram como se fossem uma só.

+++LEIA MAIS: Raimundos comemora 25 anos de carreira e relança disco de estreia em vinil

Badauí e Digão revezaram os vocais com naturalidade, assim como o instrumental se propagou concreto, agressivo e satisfatoriamente barulhento, exatamente como devia ser.

As faixas foram escolhidas a dedo, e executadas com velocidade e, surpreendentemente, com a mesma energia que era possível ver nos shows dos dois grupos quando ainda eram moleques.

+++LEIA MAIS: Canisso critica o ex-Raimundos Rodolfo por elogiar Bolsonaro

A setlist contou com os maiores hits do Raimundos e do CPM 22. O show começou com “Mulher de Fases” e terminou com “1 Minuto Para o Fim do Mundo”. Entre elas, os grupos tocaram “Dias Atrás”, “A Mais Pedida”, “Eu Quero Ver o Oco”, “O Mundo Dá Voltas” e muitas outras que marcaram a carreira dos músicos.

E como é de se imaginar, só pelas canções listadas, não teve uma frase sequer que a plateia não tenha cantado com empolgação, e isso prova que clássicos da juventude serão para sempre clássicos, mesmo que a juventude tenha ficado para trás.


A Rolling Stone Brasil está no Rock in Rio 2019 a convite da Natura Musical