Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

David Tennant quase foi James Bond no lugar de Daniel Craig; entenda

Em podcast, David Tennant revelou que descobriu sondagem recentemente - não na época da produção de 007 - Cassino Royale (2006)

Redação Publicado em 20/10/2022, às 16h53

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
David Tennant (Foto: AP) e Daniel Craig como James Bond (Foto: Divulgação)
David Tennant (Foto: AP) e Daniel Craig como James Bond (Foto: Divulgação)

Ator de séries como Doctor Who e Jessica Jones, David Tennant revelou como quase foi escalado como James Bond no lugar de Daniel Craig em 007 - Cassino Royale (2006). No entanto, o ator descobriu sobre isso recentemente.

Durante participação no podcast Acting For Others, o artista explicou como não tinha ideia de que era sondado na época - então, perguntaram se ele realmente esteve na disputa para o papel. "Eu nunca acreditei que sim, até que trabalhei recentemente com um diretor que trabalhou com os Broccolis [produtores da franquia] e disse: 'Sim, você estava na lista naquela época.'"

+++LEIA MAIS: 60 anos de James Bond nos cinemas: As 6 melhores músicas-tema [LISTA]

"Eu fiquei tipo: 'Que horas? Do que você está falando?' Ele disse: 'Sim, da última vez.' Suponho que deve ter sido Daniel Craig, antes disso eu teria sido uma criança," continuou David Tennant. "Acho que foi uma lista bastante longa e acho que nunca estive muito perto do topo. Mas, aparentemente, sim."

Após estrelar em Cassino Royale, Craig permaneceu no papel por mais 15 anos, estrelando cinco filmes. A última produção dele como James Bond foi em 007 - Sem Tempo para Morrer (2021), também estrelado por Rami Malek e Léa Seydoux.

+++LEIA MAIS: Amy Winehouse 'quase' compôs música-tema de 007 - Quantum of Solace, diz produtora


Próximo 007 não será um ator jovem, diz produtor: 'James Bond veterano'

Após a despedida de Daniel Craig do papel de James Bond em 007 - Sem Tempo Para Morrer (2021), a expectativa do anúncio do próximo ator a assumir a franquia cresce cada vez mais. O Michael G. Wilson adiantou um pouco do que esperar e explicou como o próximo 007 não será interpretado por alguém jovem.

Wilson falou sobre o futuro da franquia durante participação em um evento In Conversation no British Film Institute, em Londres, para comemorar os 60 anos de James Bond nos cinemas. "Tentamos olhar para pessoas mais jovens no passado, mas tentar visualizar não funciona," afirmou.

+++LEIA MAIS: 60 anos de James Bond nos cinemas: As 6 melhores músicas-tema [LISTA]

"Lembre-se, Bond já é um veterano. Ele tem alguma experiência. Ele é uma pessoa que passou pelas guerras, por assim dizer," continuou o produtor. "Ele provavelmente esteve no SAS (Special Air Service) ou algo assim. Ele não é um garoto do ensino médio que você pode trazer e começar. É por isso que funciona para trinta e poucos anos.”

Depois dessa declaração, Michael G. Wilson explicou como a escalação de um ator como novo 007 ainda não começou: "Não importa o que os outros lhe digam." Vale lembrar como a expectativa para o próximo James Bond é ficar mais de 10 anos no papel.

+++LEIA MAIS: Amy Winehouse 'quase' compôs música-tema de 007 - Quantum of Solace, diz produtora