AC/DC pode continuar fazendo shows e até gravar disco com Axl Rose como vocalista

Afirmação foi feita pelo biógrafo da banda australiana, Murray Engleheart, em publicação no Facebook

Redação Publicado em 06/02/2018, às 14h24 - Atualizado às 14h40

Axl Rose à frente do AC/DC em show

Ver Galeria
(5 imagens)

Axl Rose pode continuar aliando os trabalhos como vocalista do Guns N’ Roses e também do AC/DC. O cantor norte-americano já fez diversos shows à frente da banda australiana, mas agora, além de seguir se apresentando ao vivo, ele pode até gravar um álbum de inéditas com Angus Young e companhia.

A informação foi ventilada pelo biógrafo do AC/DC, Murray Engleheart, respeitado jornalista de música há mais de 20 anos e autor do livro AC/DC Maximum Rock and Roll: The Ultimate Story of the World’s Greatest Rock and Roll Band, de 2006. Ele, que já entrevistou diversas vezes o AC/DC, fez uma publicação no Facebook comentando a situação.

Discreto e Confiável: Malcolm Young fugia dos holofotes enquanto cuidava do legado do AC/DC

“Falem o que quiserem, mas já disse isso antes e direi novamente: o AC/DC vai continuar com Axl nos vocais – novo álbum, turnês, todo o ciclo”, escreveu Engleheart. “O que foi uma grande aposta de Angus [Young, guitarrista] acabou se tornando um grande trunfo que abriu possibilidades para o futuro.”

Axl Rose segue com o Guns N’ Roses na imensa e milionária turnê de reunião Not in This Lifetime, que traz Slash na guitarra e Duff McKagan no baixo e já passou duas vezes pelo Brasil. A excursão segue até o próximo mês de julho – e não há informações sobre a gravação de um novo disco de inéditas ou o anúncio de mais datas pelo Guns N’ Roses.

Malcolm Young, guitarrista cofundador do AC/DC, que estava afastado da banda desde 2014 devido à demência, morreu no ano passado. Antes disso, o grupo perdeu o baixista Cliff Williams, que se aposentou; o baterista Phil Rudd, preso com acusações de ameaças de morte e posse de drogas; e, claro, o ex-vocalista Brian Johnson, que teve de parar devido ao risco de perda da audição, dando lugar a Rose.

Veja a postagem no Facebook abaixo.