Barack Obama homenageia Jay Z em discurso para o Hall da Fama dos Compositores

“Tenho certeza que sou o único presidente que já ouviu a música de Jay Z no Salão Oval”, o ex-presidente norte-americano disse
  • Imprimir
por Rolling Stone EUA
16 de Junho de 2017 às 12:39

Jay Z se tornou parte do Hall da Fama dos Compositores – o primeiro rapper a receber a honraria – em uma cerimônia na última quinta, 15, na qual o ex-presidente norte-americano Barack Obama fez um tributo em vídeo para o “amigo e integrante do Hall da Fama no primeiro ano elegível”.

“Acredito que o Sr. Carter e eu entendemos um ao outro. Ninguém que nos conheceu na juventude teria esperado que chegaríamos aonde estamos hoje”, Obama disse.

“Nós sabemos como é não ter um pai por perto. Nós sabemos como é não ter uma origem abastada, e conhecer pessoas que não tiveram as mesmas oportunidades que nós tivemos. Então nós tentamos abrir essas portas para que seja um pouco mais fácil para aqueles que vêm depois de nós.”

Obama também brincou que tanto ele quanto Jay Z “têm esposas que são significativamente mais populares do que nós somos.”

“Como todos vocês, eu sou um fã: escuto o Jay desde que eu era um senador estadual jovem e ambicioso”, Obama continuou. “Eu utilizei letras dele para encerrar meu discurso em Selma, e tuitei uma referência a ‘My First Song’ quando estava dando os toques finais ao meu último discurso sobre o estado da União. Eu tive que ‘brush some dirt off my shoulders’ durante uma campanha. Então eu tenho certeza que sou o único presidente que já ouviu a música de Jay Z no Salão Oval.”

Encerrando, Obama repetiu uma frase que o rapper disse uma vez: “Eu nunca olhei para mim mesmo e disse ‘Eu preciso ser de um certo jeito para estar cercado por um certo tipo de pessoa’. Eu sempre quis me manter verdadeiro ao que eu sou e eu consegui fazer isso. As pessoas têm que aceitar isso”. Abaixo, assista ao discurso completo de Obama.

Apesar de Jay Z não ter comparecido à cerimônia em Nova York, nos Estados Unidos, o rapper fez uma aparição rara no Twitter para agradecer aos grandes artistas que o inspiraram na trajetória até o Hall da Fama dos Compositores. Na sequência de tuítes, Jay Z abrangeu décadas de influências, desde Rakim, Big Daddy Kane e KRS-One até Tupac Shakur, The Notorious B.I.G. e Eminem até Kendrick Lamar, Chance the Rapper e o insurgente rapper Tee Grizzly.

“E o maior rapper de todos os tempos, Obama. Obrigado”, Jay Z acrescentou.


Recomendadas