Campanha quer financiar livro infantil sobre arquitetura paulistana

Prédios de São Paulo para Crianças é derivado de projeto de sucesso sobre edifícios da cidade

Redação Publicado em 15/03/2018, às 19h15 - Atualizado em 16/03/2018, às 12h56

livro <i>Prédios de São Paulo para Crianças</i>

Ver Galeria
(3 imagens)

Inspirada no sucesso da trilogia Prédios de São Paulo, projeto idealizado por Matteo Gavazzi, uma campanha de financiamento quer viabilizar a versão Prédios de São Paulo Para Crianças. Com lançamento previsto para julho de 2018, o livro infantil terá texto assinado pela jornalista Tatiana Engelbrecht e ilustrações de Daniel Almeida.

Os roteiros terão ar de “caça ao tesouro” e o primeiro volume levará as crianças a um passeio pelo Centro Histórico da cidade, começando no Mosteiro de São Bento e indo até o Palacete Tereza Toledo Lara, um patrimônio histórico que abrigou a primeira loja de instrumentos de São Paulo, a Casa Bevillacqua, e hoje dá espaço para a Casa de Francisca, espaço musical que, há 10 anos, cultiva uma curadoria voltada ao comprometimento artístico e a diversidade musical.

Guiados por Miro, um cachorro rastreador, os leitores conhecerão prédios como o Edifício Martinelli, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) e o Altino Arantes (Banespão).

Todos os volumes de Prédios de São Paulo para Crianças serão viabilizados por meio de financiamento coletivo assim como aconteceu com o projeto inicial de Prédios de São Paulo, que começou em 2014, na internet, virou livro em 2015 e ganhou a segunda edição em 2016. Já foram catalogados mais de 300 prédios que são marcos da arquitetura paulistana. Todos os volumes da série foram viabilizados graças ao crowdfunding.

Assista ao vídeo do projeto: