Liam Gallagher sugere um fim para a briga com Noel

"Você pensa que a vida é curta demais pra toda essa merda", disse o vocalista do Beady Eye
  • Imprimir
Liam Gallagher
Foto: AP
por Redação
10 de Nov. de 2011 às 14:23

Conhecido por seu temperamento instável, Liam Gallagher parece ter cedido um pouco com o fim do Oasis. Em entrevista ao semanário britânico NME nesta quinta, 10, o vocalista do Beady Eye disse que "a vida é muito curta" para a briga que mantém com seu irmão Noel, que impede o retorno da banda. "Você pensa a respeito, claro que pensa", contou Liam. "Você pensa que a vida é curta demais pra toda essa merda."

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

O músico revelou que prevê que o desentendimento entre ele e o irmão chegará ao fim em breve. "Eu vejo o fim disso chegando, sim. Porque eu falei com o moleque dele outro dia, no telefone", revelou Liam. "E pensei que era Anais [filho de Noel que tem 11 anos de idade], mas era o pequenino [Donovan, de quatro anos]. E ele disse: 'Ah, ok tio Liam'. Isso faz você pensar consigo mesmo que é tudo [as brigas] uma merda, não é?"

No entanto, ele não se vê muito diferente do Liam Gallagher de anos atrás. "Eu acho que mudei um pouco", refletiu. "Mas eu ainda sou eu, então Noel vai ter que superar isso. Eu não vou mudar porra nenhuma e tenho certeza que ele não vai mudar. E é isso aí."

Em meados deste ano, Liam processou Noel legalmente após o irmão afirmar, durante a coletiva de imprensa para seu disco solo, que o Oasis cancelou shows porque o vocalista estava de ressaca. "Ele mentiu, estava criando umas mentiras de merda na coletiva, então ele precisava ser colocado no lugar dele", disparou Liam. Noel, posteriormente, pediu desculpas publicamente pelas afirmações.

Mas nem tudo são mágoas no discurso dos irmãos. Liam elogiou o disco Noel Gallagher's High Flying Birds, mas não deixou de alfinetar. "Eles são bons, mas seria mais apropriado que eu estivesse ali", disse. "Eles seriam melhores pra caralho comigo cantando."

O frontman do Beady Eye havia comentado anteriormente que o grupo se reuniria em 2015 para a comemoração do vigésimo aniversário do disco What’s The Story (Morning Glory). Noel, contudo, rejeitou a oferta (leia aqui).

"Há toda chance [de um retorno do Oasis]", finalizou Liam. "Eu sei que nosso menino [Noel] está desesperado para isso."