Stephen Colbert é anunciado como sucessor de David Letterman no Late Show

“Se me der licença, preciso ir abrir um espaço entre os meus dentes da frente”, disse Colbert
  • Imprimir
Stephen Colbert
Reprodução
por Rolling Stone EUA
10 de Abril de 2014 às 14:57

Menos de uma semana depois de David Letterman anunciar sua aposentadoria do The Late Show, a CBS divulgou o seu sucessor: Stephen Colbert. O apresentador do The Colbert Report assinou um contrato de cinco anos com a emissora e entrará em cena depois da despedida de Letterman em 2015, que ainda não tem data definida.

“Ser entrevistado no programa do David Letterman já foi um ponto alto na minha carreira”, disse Colbert em um comunicado. “Eu nunca sonhei que eu seguiria os passos dele, apesar de todo mundo que apresenta programas de “fim de noite” seguir Dave. Estou emocionado e feliz que a CBS me escolheu. Agora, se me der licença, preciso ir abrir um espaço entre os meus dentes da frente.”

“Stephen Colbert é uma das forças mais criativas e respeitadas da televisão”, disse o Presidente e CEO da CBS Leslie Moonves em um comunicado. “O legado e as conquistas de David Letterman são motivos de orgulho para todos nós, e o anúncio de hoje reafirma o nosso compromisso de dar continuidade ao que ele estabeleceu no fim de noite da CBS.”

O Colbert Report, talk show satírico que estreou na Comedy Central em 2005, ganhou dois prêmios Peabody e quatro Emmys. Antes, Colbert passou oito anos como correspondente do The Daily Show. Ele também escreveu dois livros - I Am America (and So Can You!) e America Again: Re-Becoming the Greatness We Never Weren't . "Eu não vou fazer o personagem no novo programa", disse ele ao Mashable, sobre o apresentador conservador que interpretava no Colbert Report. "Vamos descobrir o quanto dele faz parte de mim. Estou ansioso para isso." A CBS e o Comedy Central são emissoras "primas", então, isso deve permitir que sejam realizadas brincadeiras a respeito da mudança dele para o Late Show e a transição do personagem, cujo destino é incerto.

Letterman assinou um contrato de dois anos com a CBS no ano passado e, quando anunciou sua aposentadoria, ele afirmou sairia em 2015 "pelo amor de Deus". Ele também brincou que “o que isso quer dizer é que agora Paul e eu podemos nos casar”, mencionando o bandleader Paul Shaffer.

Até hoje, Letterman gravou quase 6 mil episódios do programa, que foi indicado a 108 prêmios Emmy e venceu oito. Quando o contrato terminar, ele terá passado 22 anos como apresentador do The Late Show, além de 11 à frente do Late Night – isso soma três a mais em comparação ao tempo que Johnny Carson esteve à frente do The Tonight Show.

Recomendadas