5 músicas do Eminem que só os maiores fãs conhecem

Redação Publicado em 16/12/2013, às 18h29 - Atualizado em 11/11/2014, às 16h01

Então você acha que pode se considerar fã de Eminem só porque você decorou os primeiros versos de “Lose Yourself”? Prepare-se para enlouquecer com essas faixas diabolicamente brilhantes do rapper que só os maiores fãs conhecem.
Reprodução/Facebook

"Infinite" (1996)

Anos antes de conhecer Dr. Dre, Eminem gravou o LP Infinite para um selo local de Detroit com esperanças de construir um nome. Praticamente ninguém ouviu o disco na época – vendeu aproximadamente mil cópias. Mas o talento nato para escrever letras já estava lá, como pode ser ouvido na faixa-título: “Yo, minha caneta e papel causam uma reação em cadeia/Para relaxar o seu cérebro..."


"5 Star Generals" (1998)

Sabe aquelas faixas super profundas que Stan mencionou para provar que ele era o fã/stalker número um de Em? Esta aqui, lançada pelo rapper do Brooklyn Shabaam Sahdeeq - e com um verso insano de Eminem pré-estrelato– é provavelmente uma das coisas de que ele estava falando.


"Any Man" (1999)

Essa faixa demoníaca, gravada para a compilação Soundbombing II, da Rawkus Records, contém uma das faixas mais provocativas que Em já criou (“Eu espero que Deus me perdoe pelos meus pecados/Provavelmente depende de eu continuar matando minhas namoradas”). Dependendo de como você se sente em relação à violência fictícia exagerada, a letra pode soar perversamente inteligente ou incrivelmente ofensiva.


"Get You Mad" (1999)

Gravada para um disco dos apresentadores Sway e King Tech, do Wake Up Show (e também lançada como bônus no disco Slim Shady), “Get You Mad” é o antigo Shady sendo o mais engraçado e impiedoso possível. “Se eu ferir sua auto-estima e você se sentir humilhado demais, saiba que estou falando isso para te irritar”, Eminem provoca depois de citar uma longa lista de rivais famosos – incluindo LL Cool J, Insane Clown Posse, Master P, Brandy, Aaliyah entre outros. Muitos outros.


"Renegade" (versão original) (2001)

Você provavelmente nunca ouviu essa versão que saiu no álbum de Jay Z The Blueprint - mas verdadeiros fãs preferem a versão original amplamente pirateada, na qual ele compartilha os mesmos versos malvados com o amigo e conterrâneo Royce da 5'9, em vez de com Jay. Eminem rouba a cena em ambas músicas.