Dez grandes momentos dançantes de Mick Jagger

Redação Publicado em 26/07/2013, às 19h24 - Atualizado às 12h06

Galeria – A Dança de Mick Jagger - Capa
AP / Jon Furniss

Para começar, devemos ir direto para um clássico. Será difícil encontrar outro clipe em que Mick está mais solto em cena do que em “Dancing In The Street”, na companhia de David Bowie. Assista que cada segundo vale a pena aqui:
Voamos agora para o fim de 2012. Os Stones voltam à ativa para o lançamento de uma coletânea, duas canções inéditas e uma turnê aguardadíssima. Em “Doom And Gloom”, depois de aparecer com uma guitarra na mão, Mick logo deixou o instrumento de lado e se dedicou ao que sabe de melhor: cantar e balançar o quadril.
Mick de calça justa dançando com todo estilo. Certamente você já viu, mas não custa rever todo o suingue do líder dos Stones na clássica “Gimme Shelter”. Aqui, a faixa lançada no disco Let It Bleed, em 1969, é executada em St. Louis, Missouri, em 1997.
Melhor do que ver Keith Richards sorrindo sem um dente ou o completo desinteresse de Charlie Watts pelo vídeo de “It's Only Rock 'N' Roll (But I Like It)”, de 1974, é perceber que Mick Jagger também sabe se movimentar em pequenos espaços.
Até mesmo em uma canção mais tranquila como esta, “Beast of Burden”, registrada em uma apresentação no Texas em 1978, o vocalista dos Stones mostra uma presença de palco fora do comum. Se não há tanto espaço para passos de dança, ele gesticula com a plateia. Agora, espere até o solo de guitarra de Ronnie Wood e veja do que ele é capaz.
Difícil resistir ao suingue de “Miss You”, com os gritinhos de “uhuuu”. Imagina, então, como Mick vai reagir a ela, certo? Lá pelo segundo minuto de clipe, ele faz um dos seus célebres passos: a “corrida sem sair do lugar”.
Os anos 80 trouxeram clipes interessantes para a geração MTV. Mick, de cabelão, jaqueta de couro e calça jeans, tem uma brilhante atuação no clipe de “One Hit (To The Body)”, lançado em 1986. O hair rock e o hard rock estavam com tudo e os Stones souberam se aproximar do gênero com muita elegância.
Se “Miss You” tem uma introdução contagiante, o que dizer de “Sympathy For The Devil”? Nesta versão de 2006, também gravada no Texas, Mick é todo carisma no palco e a banda exibe boa forma ao reproduzir o clássico lançado em 1968.
Já falamos dos anos 80, das roupas e tudo mais, mas como deixar de fora um vídeo como este, gravado em Leeds, na Inglaterra, em 1982, quando o assunto é uma lista de grandes performances de Mick Jagger como dançarino? A música, lançada em 1967, é um clássico que também merece destaque.
Sim, vamos encerrar a lista de dez vídeos de Mick com este, o clássico dos clássicos das danças do vocalista. “Start Me Up”, lançado em 1981, é sem comparação a melhor performance dele como dançarino. Certamente, na próxima vez que o riff de introdução tocar, você vai querer colocar uma camiseta sem manga e imitar nosso querido e mais novo setentão.