Dez brigas entre artistas e plateia registradas em vídeo

Redação Publicado em 26/06/2013, às 20h13 - Atualizado às 20h28

Galeria músicos batendo na plateia - Abre
reprodução/vídeo

Amy Winehouse dá um soco em fã no Glastonbury

Para fechar sua performance na edição de 2008 do Glastonbury, Winehouse foi cantar "Rehab" no pit de fotógrafos, perto da plateia, e deu uma cotovelada e um soco em um homem que estava na primeira fileira. James Gostelow, a vítima, disse que foi um caso de “erro de identidade”, já que Winehouse pensou que ele tivesse atirado um chapéu em seu icônico penteado. "Nem todo mundo pode dizer que apanhou de Amy Winehouse", ele disse com orgulho para a BBC alguns dias depois.


Henry Rollins bate em fã que roubou microfone

É tudo a mais pura diversão até que Henry Rollins comece a socar sua cara. O vocalista do Black Flag usou o microfone para brincar com um fã, até que este conseguiu agarrar o microfone. Foi aí que Rollins começou um ataque de socos na cara do homem, que aparentemente continuou a sorrir enquanto tudo acontecia.


Pitbull dá um soco em fã que estava arremessando dinheiro (aos 57 segundos)

Durante um show no Colorado, em 2009, Pitbull era interrompido o tempo todo por algum fã genial que ficava jogando dinheiro no palco. O rapper decidiu chamar o cara ao palco, mas foi aí que as coisas pioraram ainda mais. “Quando chamei o filho da mãe para subir, ele jogou um bolo de dinheiro na minha cara”, disse o músico à MTV depois do incidente. "Meus instintos naturais tomaram conta." O fã acabou sendo retirado de lá e Pit retornou à "Bojangles".


Keith Richards bate em invasor

Enquanto tocava "Satisfaction", em 1981, Keith reparou que um fã vinha correndo, dois passos à frente dos seguranças. Sem hesitar, Richards – que estava fazendo 38 anos – sacou a guitarra para bater com ela no invasor. Depois, calmamente pendurou o instrumento no pescoço novamente e continuou tocando. Em uma entrevista de 2004, ele disse que estava somente protegendo Mick Jagger e que "a Telecaster serve como um ótimo taco”. A melhor parte é que Richards pagou a fiança do cara aquele dia e afirma que nunca viu aqueles US$ 200 de volta.


Ken Casey bate em um nazista (na marca de 1 minuto e meio de vídeo)

Em Nova York, durante uma das paradas da turnê de St. Patrick's Day de 2013 do Dropkick Murphys, o vocalista e baixista Ken Casey notou que havia uma pessoa fazendo a saudação nazista enquanto a banda tocava "TNT", do AC/DC. Ele atravessou o palco e socou o fã, além de ter batido nele com o baixo e pedido para que ele fosse retirado. "Nazistas não são bem-vindos em um show do Dropkick Murphys!", ele disse, voltando ao microfone com a roupa rasgada e recebendo muitos aplausos.


Maynard James Keenan, do Tool, domina fã e continua cantando (aos 2 minutos e 45 segundos)

Quando um fã invadiu o palco durante o show do Tool, o frontman Maynard James Keenan fez com que ele pagasse por isso – e bastante. O cantor, que já foi do exército e é praticante de artes marciais, derrubou o cara no chão, deu uma chave de pescoço, então se sentou por cima dele enquanto continuava a cantar "Pushit".


Treta no show do A$AP Mob no SXSW

Na última noite do SXSW 2012, a performance do A$AP Mob foi atrapalhada por um fã que teria roubado a bandana de um dos integrantes. Rocky pediu calma, mas o público começou a jogar cerveja e outras coisas nos rappers. Isso até que eles se encheram e desceram do palco em massa, com tudo. Os seguranças acabaram apartando a briga, mas não antes de alguns fãs saírem de lá sangrando. A polícia encerrou a festa na mesma hora.


Axl Rose incita uma revolta em St. Louis

Durante um show de 1991 em St. Louis, o sempre volátil Axl reclamou para os seguranças de um fã que estava tirando fotos na primeira fileira. Quando os guardas não fizeram nada, Rose disse: "Saco, eu cuido disso”. Ele mergulhou na plateia, derrubou o cara e pegou a câmera. Voltando ao palco, Axl anunciou: "Graças a essa segurança ruim, eu vou para casa". Ele quebrou o microfone e foi embora, deixando a plateia violenta. Com o caos que se seguiu, foram mais de 60 feridos e os danos ao Riverport Amphitheater custaram US$ 1 milhão.


Akon arremessa fã de cima do palco

Ekm um show de 2007, um fã de 15 anos teria jogado algo em Akon, o que fez o cantor pedir para os seguranças trazerem o garoto ao palco. Quando Anthony Smith chegou lá, Akon o colocou no ombro e o arremessou na plateia, ferindo outra pessoa. Akon disse posteriormente que tudo tinha sido planejado e fazia parte da promoção do disco, mas se declarou como culpado na justiça, em 2008. Foi sentenciado a 65 horas de serviço comunitário e a pagar uma multa de US$ 250.


Frontman do Screeching Weasel dá soco em duas mulheres

O cantor Singer Ben Foster foi filmado dando soco em duas mulheres em um show de 2011 do SXSW, o que gerou muitas críticas vindas de seus colegas do punk-rock. Foi assim: uma fã atirou gelo em Foster, depois jogou cerveja quando ele a chamou de puta. Sem hesitar, ele deu um soco na cara dela, isso bem quando a dona do local estava tentando segurá-lo para impedir a agressão. Ele a empurrou, dando um soco nas costas dela antes dos seguranças apartarem. Como resposta a isso tudo, os outros quatro integrantes da banda pediram demissão e o festival Weasel, que estava sendo planejado, foi cancelado.