Pulse

Dez grandes shows da história do Grammy

Redação Publicado em 06/02/2013, às 14h45 - Atualizado às 15h05

Galeria Shows Grammy - Radiohead
AP

Radiohead (2009)

O Radiohead seguiu à risca o manual utilizado pelo Fleetwood Mac na música "Tusk", e convidou a USC Marching Band ao palco para tocar uma versão cheia de suingue de "15 Step", do disco In Rainbows. Preste atenção à dancinha de Thom Yorke. Imperdível.


Gnarls Barkley (2007)

Cee Lo Green e Danger Mouse se vestiram de pilotos de avião para uma versão mais vagarosa do hit "Crazy", na cerimônia de 2007.


Kanye West e Jamie Foxx (2006)

Kanye West e Jamie Foxx tocam o hino "Gold Digger", em 2006, com direito a uma banda marcial que tocava e, claro, dançava.


Paul McCartney, Jay-Z e Chester Bennington (2006)

Era quase como ver o The Grey Album, de Danger Mouse, que reunia Jay-Z e samples dos Beatles, no Grammy de 2006, com a união do rapper, Paul McCartney e o Linkin Park, que apresentaram um mash-up de "Yesterday", "Numb" e "Encore".


Green Day (2005)

O Green Day venceu o prêmio de melhor álbum de rock com o conceitual American Idiot, em 2005. E, chamados ao palco, eles não decepcionaram com a execução da faixa-título do disco.


Bruce Springsteen, Elvis Costello e Dave Grohl (2003)

Meses depois da chocante morte de Joe Strummer, Bruce Springsteen, Elvis Costello e Dave Grohl montaram um supergrupo para uma homenagem peso-pesado com "London Calling", um clássico do The Clash.


U2 (2002)

O U2 fez uma explosiva aparição com, antecedida por um discurso do vocalista Bono dizendo que entendia que a banda era o "grupo de folk mais barulhento do mundo". Depois, eles ainda executaram a balada "One".


Elton John e Eminem (2001)

Eminem provou que não era homofóbico, como diziam alguns naquela época, quando chamou Elton John para cantar "Stan", ao seu lado, no Grammy de 2001, no que provavelmente foi o momento musical mais falado do ano.


Bob Dylan (1998)

Bob Dylan é tão profissional que ele mal sorri quando Michael Portnoy começou a dançar amalucadamente durante a performance de "Love Sick", no Grammy de 1998. A cena também entrou para o ranking de maiores micos e gafes em premiações (veja aqui).


Michael Jackson (1988)

Paul Simon e U2 foram os grandes vencedores do Grammy de 1988, mas ninguém brilhou mais do que o endiabrado Michael Jackson, que subiu ao palco para apresentar "The Way You Make Me Feel" e "Man in the Mirror".