Dolce & Gabbana estão sendo processados por Peter Fonda

O ator entrou na justiça contra a grife e a loja Nordstrom por causa de camisetas baseadas no filme Sem Destino

Redação Publicado em 23/07/2013, às 16h40 - Atualizado às 17h01

Dolce & Gabbana
Reprodução/Site Oficial

Os estilistas italianos Domenico Dolce e Stefano Gabbana se envolveram em mais um problema legal com a marca deles, a lendária Dolce & Gabbana. Depois de terem sido condenados à prisão por causa de evasão fiscal (leia mais aqui), os dois estão sendo processados por Peter Fonda, que escreveu, produziu e estrelou o filme Sem Destino (Easy Rider, no original).

A grife e a loja Nordstrom foram alvos de uma ação, segundo o WWD, por causa da produção e venda de camisetas estampadas – sem autorização – por imagens do icônico filme e do ator.

Segundo o veículo, Fonda afirma que “sofreu distúrbios na sua paz, felicidade, sentimentos, estima, reputação, imagem, perda de valor de mercado de seus serviços e diluição de seu valor de publicidade atual e futuro” por causa das camisetas. Por isso, ele pede pelo menos US$ 6 milhões.

As camisetas em questão estavam sendo vendidas a US$ 295 cada. Elas não estão mais disponíveis no site da Nordstrom.