Oscar: relembre 15 canções de diferentes estilos que levaram a estatueta

Redação Publicado em 14/02/2013, às 17h04 - Atualizado em 19/02/2013, às 12h57

Dirty Dancing
Reprodução

“The Weary Kind” – de Ryan Bingham e T-Bone Burnett para Coração Louco (2009)

A canção country de Ryan Bingham foi feita para ilustrar justamente a história de um cantor, interpretado por Jeff Bridges.


“Jai Ho” – de A. R. Rahman e Gulzar para Quem Quer Ser um Milionário? (2008)

Inovações nas trilha sonoras conquistaram Hollywood na primeira década do século e os tons asiáticos para o filme de Danny Boyle provam isso.


“It's Hard out Here for a Pimp” (Three 6 Mafia) – de Juicy J, Frayser Boy e DJ Paul para Ritmo de um Sonho (2005)

O hip-hop eclético e muito bem produzido do Three 6 Mafia já esteve em outros filmes, mas nunca com tanto sucesso como desta vez.


“Lose Yourself” – de Eminem para 8 Mile (2002)

Quem diria que um rap iria conquistar os votantes da Academia, mas a canção de Eminem para o filme estrelado por ele mesmo não deixou outra escolha.


“Things Have Changed” – de Bob Dylan para Garotos Incríveis (2000)

Bob Dylan também foi premiado pela Academia norte-americana em um ano que tinha como indicados Björk e Sting.


“Can You Feel the Love Tonight” – de Elton John e Tim Rice para O Rei Leão (1994)

Qualquer música da trilha de O Rei Leão provavelmente ganharia o Oscar. Tanto que, além da vencedora, concorriam também “Circle of Life” e “Hakuna Matata”.


“Streets of Philadelphia” – de Bruce Springsteen para Filadélfia (1993)

A canção de Bruce Springsteen foi hit em diversos países e venceu, além dos Oscar, quatro prêmios Grammy na edição de 1993.


“Sooner or Later (I Always Get My Man)” (Madonna) – de Stephen Sondheim para Dick Tracy (1990)

Com um espírito jazz, Madonna ganhou o prêmio e ainda fez uma das apresentações mais lembradas da história da premiação.


“(I've Had) The Time of My Life” (Bill Medley e Jennifer Warnes) – de Franke Previte para Dirty Dancing (1987)

O romantismo se espalha pelo ar tanto com a dança de Patrick Swayze e Jennifer Grey como no dueto de Bill Medley e Jennifer Warnes (que aliás, vencia com esta canção seu segundo Oscar).


“Take My Breath Away” (Berlin) – de Giorgio Moroder e Tom Whitlock para Top Gun (1986)

Os efeitos visuais do filme do diretor Tony Scott podem até ser benfeitos e tecnológicos, mas a trilha sonora não deixa esconder a origem oitentista.


“I Just Called to Say I Love You” – de Stevie Wonder para A Dama de Vermelho (1984)

A canção, um dos grandes sucessos de Stevie Wonder, venceu não só o Oscar como também o Globo de Ouro, além de ser nomeada ao Grammy.


“Flashdance... What a Feeling” – de Giorgio Moroder, Ketih Forsey e Irene Cara para Flashdance (1983)

“Flashdance” é aquele tipo de música com cara de trilha sonora. A canção foi gravada, e imortalizada, por Irene Cara.


“It Goes Like It Goes” (Jennifer Warnes) – de David Shire e Norman Gimbel para Norma Rae (1979)

A melodiosa “It Goes Like It Goes” ganhou Oscar na voz de Jennifer Warnes, mas foi regravada por diversos nomes, como Barbara Dickson e Dusty Springfield.


“Raindrops Keep Fallin' on My Head” (B. J. Thomas) – de Burt Bacharach e Hal David para Butch Cassidy (1969)

As gotas não param de cair, mas o mundo parece maravilhoso na canção gravada por B. J. Thomas (e que foi, aliás, o grande sucesso da carreira do cantor).


“Chim Chim Cher-ee” (Dick Van Dyke e Julie Andrews) – de Richard M. Sherman e Robert B. Sherman para Mary Poppins (1964)

A canção, cheia de onomatopeias e brincadeiras com palavras, é bem-humorada e muito bem orquestrada para o dueto de Dick Van Dyke e Julie Andrews.