Marca de surfwear chega ao Brasil apostando em roupas com tecidos sustentáveis

Coleção foi desenvolvida utilizando fibra da casca do coco e garrafas PET

Redação Publicado em 03/11/2015, às 16h29 - Atualizado às 17h21

Vissla.

Ver Galeria
(2 imagens)

A Vissla, marca de moda masculina de surfwear, chega ao país em novembro e apresenta a coleção primavera-verão 2016, com modelos de boardshorts, walkshorts, t-shirt, camisas, bonés e regatas com estampas clássicas. A linha foi desenvolvida com tecidos artesanais, feitos a partir de materiais como a fibra da casca do coco e garrafas PET - que colaboram com a redução do lixo no oceano e nos aterros pelo mundo.

Doze escândalos do mundo da moda.

A filosofia da marca valoriza os novos criadores e inovadores, com isso, a Vissla “busca representar a liberdade e a criatividade dentro da moda e do surf mundial”, segundo comunicado.

Yassine Saidi, diretor global da Puma, fala sobre parceria com Rihanna e paixão por sneakers.

A Vissla foi a primeira marca a desenvolver modelos através do Cocotex. Um processo que mescla as fibras da casca do coco com poliéster e transforma, o que antes era visto apenas como alimento ou utilizado em medicamentos e produtos cosméticos, em tecido que permite uma modelagem anatômica ao produto.

A marca foi fundada em 2013 pelo surfista Paul Naude no sul da Califórnia. Em pouco tempo conquistou a admiração de surfistas amadores a atletas consagrados. No Brasil, a marca será distribuída pelo Grupo Majal & Brandshouse, empresa especializada no mercado do consumo de surfwear.