Nove destaques da mostra que comemora os 50 anos da Rolling Stone EUA

Redação Publicado em 16/07/2017, às 11h19

Galeria - Exposição de 50 anos da Rolling - Abre

Ver Galeria
(9 imagens)

Há 50 anos, Jann Wenner, um jornalista recém-formado na faculdade norte-americana Berkeley, iniciava um novo tipo de revista que, nas palavras dele, levaria a música a sério. Esta era a Rolling Stone, que foi lançada em 9 de novembro de 1967 e que, durante os 50 anos seguintes, contabilizou mais de mil edições.

“A Rolling Stone não é só sobre música, mas sobre todas as coisas e atitudes envolvidas por ela”, disse Wenner, no lançamento. Com 50 anos de existência, a revista é uma das poucas publicações que continua a falar sobre cultura pop, política, cinema e arte na história dos Estados Unidos e de todo o mundo.

Rolling Stone: 50 Years é uma exibição especial do Museu da Fama do Rock em Cleveland, Ohio, nos Estados Unidos, que está aberta até o fim de 2017. A mostra de três andares inclui uma miscelânea de itens, que vão desde notas escritas à mão pelo escritor e jornalista Hunter S. Thompson ao serial killer Charles Manson, arquivos de áudio e fotos raras, até transcrições de entrevistas com astros do rock e presidentes. Ao lado, veja destaques da vasta exibição.