Olimpíadas: dez videoclipes esportivos

Redação Publicado em 27/07/2012, às 16h55 - Atualizado às 17h50

Para entrar no clima dos jogos, selecionamos dez videoclipes que representam em imagens alguns dos esportes que acompanharemos nos próximos dias.


Por Guilherme Bryan

Atletismo

Wanessa Camargo - "Sticky Doug". Direção: Vera Egito (2011)

Nada mais manjado do que um videoclipe que trata da eterna luta entre homens e mulheres, vestidos de dançarino. A produção ocupa diferentes ambientes, começando em um vestiário de algum ginásio esportivo. O que vale aqui é o fato de Wanessa Camargo aparecer praticando diferentes esportes, como boxe e basquete, e correndo e vencendo uma corrida na rua, típica prova do atletismo, sob a caprichada direção de fotografia de Paulo Vainer.


Natação

Rihanna - "Cheers (Drink To That)". Diração: Evan Rogers e Ciara Pardo (2011)

Como tantos videoclipes, “Cheers (Drink To That)” mostra os bastidores de um show da cantora Rihanna e ela em ação no Kensignton Oval, em Barbados, durante a Loud Tour, e sendo aclamada pelas fãs histéricas. Também há a participação de astros como Avril Lavigne, Cee Lo Green, Jay-Z e Kanye West. A cantora aparece, em algumas cenas, praticando natação, que é um dos mais aclamados e aguardados esportes olímpicos.


Vôlei

Pink - Don’t Let Me Get Me". Direção: Dave Meyers (2002)

“Nunca cheguei em primeiro lugar / Não dou apoio ao time / Eu não tomo jeito / E as minhas meias nunca estão limpas”, canta Pink, sentada no banco de reservas durante uma partida de vôlei. O que vem não tem a ver com o esporte, mas ela aparece em uma sala de aula, num vestiário, na sala de um executivo da música e em uma quadra de basquete, entre outros ambientes. Chama atenção a utilização de duas técnicas que se popularizaram nos videoclipes – morphing (a junção perfeita de diferentes rostos) e bullet time (a sobreposição das mesmas imagens de modo que elas parecem se movimentar na tela).


Hipismo

Britney Spears - "Radar". Direção: Dave Meyers (2009)

O videoclipe começa com o jardim de uma mansão onde há a estátua de um jóquei e foi realizado no Bacara Resort & Spa, em Santa Barbara, na Califórnia. Trata-se de um triângulo amoroso, com Britney Spears como pivô (lógico). Os dois mocinhos se enfrentam, pelo amor da mocinha, numa partida de pólo, que é uma das modalidades do hipismo. As cenas do esporte em câmera lenta são deslumbrantes e o vencedor termina sem a cantora.


Esgrima


Madonna - "Die Another Day". Direção: Traktor (Mats Lindberg, Pontus Löwenhielm e Ole Sanders, 2002)

A música-tema do filme de mesmo nome da série do agente britânico James Bond ganhou um videoclipe dirigido por um time de suecos e filmado no Hollywood Center Studios, na Califórnia. A produção, segunda mais cara da história, tendo consumido US$ 6 milhões, faz referência a vários filmes anteriores do personagem, como Dr. No e Goldfinger. Numa das sequências mais famosas, Madonna pratica esgrima contra ela mesma em um imenso salão branco.


Boxe

Emicida - "Triunfo". Direção: Fred Ouro Preto (2009)

Com uma caprichada direção de fotografia de Carina Zaratin e do diretor do clipe, Fred Ouro Preto, a câmera começa passeando pelas ruas de São Paulo e depois mostra o rapper Emicida cantando de olho no visor, em diferentes ambientes, e intercalado por moradores das periferias. O autodenominado “embaixador da rua” aparece também em meio a cenas de uma luta de boxe.


Ciclismo

Queen - "Bicycle Race". Direção: Dennys de Vallance (1978)

Um dos videoclipes mais polêmicos e escandalosos da história intercala imagens do Queen em ação, em meio a muito gelo seco, com imagens de 65 modelos profissionais nuas, pedalando suas bicicletas no Wimbledon Greyhound Stadium, justamente em Londres, na Inglaterra. Muitas emissoras de televisão fizeram questão de usar efeitos especiais para encobrir a nudez. O fato é que uma prova de ciclismo nunca mais foi vista da mesma maneira.


Ginástica Olímpica

Chemical Brothers - "Elektrobank". Direção: Spike Jonze (1997)

Sofia Coppola, filha do cineasta norte-americano Francis Ford Coppola e diretora de videoclipes e de cinema, aparece aqui na sequência completa e praticamente ininterrupta praticando todas as séries de exercícios de uma prova de ginástica olímpica. É verdade que ela não dá um duplo twist esticado, como a nossa Daiane dos Santos, mas até que não se sai nada mal nessa produção realizada para a música do duo britânico de música eletrônica Chemical Brothers. Há até um deslumbrante número de fitas e outro nas barras, diante do olhar invejoso da loira adversária, devidamente de uniforme preto. Claro que Coppola sai vitoriosa, para alegria do treinador bigodudo.


Futebol

Skank - "É Uma Partida de Futebol". Direção: Roberto Berliner (1997)

Esse videoclipe começa e termina com o porteiro do Mineirão, em Belo Horizonte (MG), abrindo e fechando os portões do estádio. As câmeras registram também a chegada animada dos torcedores e duas partidas, uma com jogadores veteranos e estrelas da música, como Evandro Mesquita e Jorge Benjor, e outra entre Cruzeiro e Atlético Mineiro. Os integrantes da banda aparecem no meio das duas torcidas e as jogadas são acompanhadas bem de perto, em uma clara referência e homenagem ao cine-jornal Canal 100, exibido entre 1957 e 2000. Com direito a muitos ruídos ambientes, esse é um dos mais contundentes e emocionantes registros audiovisuais envolvendo o futebol.


Basquete

Michael Jackson - "Jam". Direção: Michael Jackson e David Kellogg (1992)

Bater uma bolinha com o mais famoso jogador de basquete da história, o norte-americano Michael Jordan, foi privilégio para pouquíssimos, ainda mais não estando ele numa partida oficial, representando a camisa do Chicago Bulls ou dos Estados Unidos. Um dos sortudos foi o Rei do Pop Michael Jackson, nesse videoclipe milionário. Em troca, no final, ele ensina o craque a fazer uma das coisas que sabia como ninguém – dançar. Com muitos efeitos especiais, essa produção representa a paixão que os esportes são capazes de despertar nas crianças e também em muitos marmanjos. Por isso, ocupa a primeira colocação nessa galeria.