Exclusivo: A Banda Mais Bonita da Cidade adianta DVD com performance de “Zeppelin”

Ao Vivo no Cine Joia está em fase final de viabilização por financiamento coletivo

Lucas Brêda Publicado em 14/09/2015, às 18h05 - Atualizado às 18h15

Uyara Torrente, vocalista da Banda Mais Bonita da Cidade, em show no Cine Joia, em São Paulo
Breno Galtier/Divulgação

Por Lucas Brêda

A Banda Mais Bonita da Cidade pretende lançar o primeiro DVD da carreira, com o registro de uma apresentação ao vivo, em breve. Para isso, eles estão na reta final de um financiamento coletivo, no Embolacha (veja mais aqui), com a meta muito próxima de ser atingida (o projeto chega ao fim na próxima sexta, 18, e já foi completado 93%).

Sobe o Som: 10 novos artistas nacionais que você deve conhecer.

Nesta segunda, 14, eles dão mais um motivo para os fãs e admiradores ajudarem o projeto: um vídeo – exclusivo no Sobe o Som – da performance de “Zeppelin”, canção apresentada pela primeira vez no show que gerou o DVD. A música, composta por Lívia Lakomy, foi lançada no ano passado, no disco Arlequim (de Bernardo Bravo), mas entrou só agora no repertório da Banda Mais Bonita da Cidade.

“Ao ouvi-la pela primeira vez já me apaixonei, ela tem uma poesia linda, fala dessa realidade que todos vivemos de termos medo de buscar novos horizontes e de como é bom quando conseguimos atravessá-los”, confessa o tecladista Vinicius Nisi. “Já estávamos em processo de produção do DVD, mas tivemos que encaixá-la no repertório, pela oportunidade de registrá-la de alguma forma.”

Inky mostra força dos palcos em performance de “Coincide”.

“Zeppelin” tem início com um riff sujo de guitarra, mas logo se transforma em uma doce reflexão sobre a descoberta de novas experiências fora de uma zona de conforto. No vídeo – retirado do DVD Ao Vivo no Cine Joia – a faixa é interpretada pela vocalista da banda Uyara Torrente, mas ganha a participação de Bernardo Bravo, que entra na metade da performance para dividir as vozes com Uyara.

Assista a “Zeppelin” abaixo.

“O DVD é mais um dos sonhos megalomaníacos que tentamos realizar”, admite Nisi. “Sempre percebemos que é no show que está a nossa força, é necessário o público cantando para que a ‘mágica’ aconteça. Então fazia muito sentido produzir uma gravação ‘ao vivo’ com o repertório e o público, que se juntaram para coroar esses 4 anos ‘pós-Oração’.”

Felipe S, do Mombojó, lança faixa solo e reflete sobre ocupação pública

O tecladista cita “Oração”, música do grupo que em 2011 se tornou viral na internet (atualmente são mais de 16,5 milhões de visualizações), como referência na história da banda. Em 2011, eles recorreram ao crowdfunding para lançar o primeiro disco da carreira, mas abandonaram o modelo com o compacto Canções Que Vão Morrer no Ar (2012), e o segundo disco, O Mais Feliz da Vida (2013).

Com Ao Vivo no Cine Joia, eles retornam ao financiamento coletivo. “Gravar um DVD é um projeto extremamente caro – envolve muitas pessoas, equipamentos, transporte, pós-produção –, então achamos válido recorrer a ele novemente”, conta Nisi. “Além de ser uma das melhores ferramentas de viabilização de projetos independentes, gerando recompensas interessantes, como um ingresso para assistir ao DVD em primeira mão no cinema.”

Vivendo do Ócio agoniza sobre vida em metrópole no single “A Lista”

Até o fechamento deste texto, faltavam R$ 3.104,90 (do total de R$ 52 mil) para a conclusão do projeto no Embolacha. A contribuição mínima é R$ 20, e pode ser feita até às 11h40 da próxima sexta-feira, 18 (contribua aqui). Na própria sexta, 18, A Banda Mais Bonita da Cidade sobe ao palco do Clube da Vila, na Vila Mariana, em São Paulo, para comemorar o encerramento do projeto. Na ocasião, também se apresentam Hotelo e Trombone de Frutas – saiba mais aqui.