Manuche canta sobre as “barreiras do amor” no clipe de “Se Hoje Fosse Antes”

Dupla formada por Tom Gil e Feeu Moucachen lançou o primeiro disco, Live, em outubro do ano passado

Pedro Antunes Publicado em 20/05/2014, às 09h22 - Atualizado às 09h27

Manuche
Divulgação

Por Pedro Antunes

Sozinha, a moça interpretada por Andressa Roeder vaga sem direção por um galpão abandonado. O papel dela no clipe “Se Hoje Fosse Antes”, do Manuche, é tão indefinido quanto o amor cheio de interrogações cantado pelo duo formado por Tom Gil e Feeu Moucachen.

Moreno Veloso revela capa do novo disco e vídeo de “Coisa Boa”, com Rodrigo Amarante e Domenico Lancellotti.

A faixa é segunda do disco Livre, lançado em outubro do ano passado, a ganhar clipe. Escolhida justamente por ser diferente da primeira, “Alice”. “Ela representa outra face do nosso trabalho”, diz Tom Gil ao blog Sobe o Som. A balada fala sobre as “barreiras do amor”, explica o músico. “Tem um pouco a ver com o fato do ser humano nunca estar satisfeito, como já dizia [Sigmund] Freud.”

A ideia de colocar a atriz, que passeia entre dois personagens (daquela pessoa que não valorizou o amor ou a não valorizada) em uma locação vazia como aquela vista no vídeo foi do diretor Maurício Eça (Pitty e O Rappa), conta Tom. “Poderíamos contar essa história combinando um local que desse a ideia de passado, de vazio, de passagem, com uma pessoa que estivesse em busca de algo”, conta ele. “O papel da Andressa é propositadamente meio indefinido para que o público possa escolher.”

Jonnata Doll e os Garotos Solventes lançam primeiro clipe sob os mandamentos do sexo, drogas e rock and roll.

Para ouvir mais faixas do Manuche, clique aqui para ir para o Soundcloud da banda. Assista abaixo ao vídeo de “Se Hoje Fosse Antes”.