Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Cinema / BIOGRAFIAS

Além de Mamonas Assassinas: 5 cinebiografias brasileiras para assistir já

Tim Maia, Erasmo Carlos, Elis Regina e mais: confira cinebiografias de grandes artistas da música brasileira e onde assisti-las

Bruna Maleh

por Bruna Maleh

bru.maleh@gmail.com

Publicado em 10/02/2024, às 10h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Além de Mamonas Assassinas: O Filme, conheça 5 cinebiografias brasileiras para assistir já (Foto: Divulgação/Edu Moraes)
Além de Mamonas Assassinas: O Filme, conheça 5 cinebiografias brasileiras para assistir já (Foto: Divulgação/Edu Moraes)

Mamonas Assassinas - O Filmechegou aos cinemas no último dia 28 de dezembro e tem sido um sucesso de bilheterias desde então, atraindo tanto adultos que acompanhavam a banda como jovens também fãs de música brasileira. Mas além desta, confira outras cinco cinebiografias de outros grandes artistas que fizeram sucesso e marcaram a história da música nacional.

Tim Maia

A cinebiografia de Tim Maia narra a vida tumultuada e a carreira brilhante do icônico cantor brasileiro. Desde sua infância no Rio de Janeiro até suas conquistas e desafios no cenário musical. Interpretado por Robson Nunes e direção de Mauro Lima, o filme foi lançado em outubro de 2014.

Sinopse: Cinebiografia do cantor Tim Maia, baseada no livro "Vale Tudo — O Som e a Fúria de Tim Maia". O filme percorre cinquenta anos na vida do artista, desde a sua infância no Rio de Janeiro até a sua morte, aos 55 anos, incluindo a passagem pelos Estados Unidos, onde o cantor descobre novos estilos musicais e foi preso por roubo e posse de drogas.

O filme está disponível para locação nas plataformas Google Play e Apple TV.

Minha Fama de Mau (Erasmo Carlos)

A história gira em torno da vida e carreira do cantor e compositor Erasmo Carlos, conhecido como "Tremendão". O filme aborda sua trajetória musical e seu papel na Jovem Guarda. Interpretado por Chay Suede como Erasmo Carlos e Gabriel Leone como Roberto Carlos, a cinebiografia foi dirigida por Lui Farias, o filme estreou em fevereiro de 2019.

Sinopse: Lutando para sobreviver e se virando com pequenos trabalhos, o jovem Erasmo Carlos (Chay Suede) alimenta uma paixão: o rock and roll. Fã de Elvis Presley, Bill Haley & The Comets e Chuck Berry, ele aprende a tocar violão e persegue a ideia de viver da música. Misturando talento e um pouco de sorte, ele conquista a admiração do apresentador de TV Carlos Imperial (Bruno de Luca), um cara influente no meio artístico, e através dele conhece o cantor Roberto Carlos (Gabriel Leone), com quem começa a compor diversas canções. A parceria dá muito certo e o sucesso logo chega, transformando para sempre a vida de Erasmo.

O filme está disponível nas plataformas Amazon Prime Video e Globoplay ou para locação também no Google Play e Apple TV.

+++ LEIA MAIS: Mamonas Assassinas: O Filme tem a maior estreia nacional desde a pandemia

Elis

Andreia Horta como Elis Regina no cinema (Foto: Divulgação)
Andreia Horta como Elis Regina no cinema (Foto: Divulgação)

A cinebiografia de Elis Regina retrata a vida da renomada cantora brasileira, desde sua infância até o auge de sua carreira e os desafios pessoais enfrentados. Com Andréia Horta no papel de Elis, e direção de Hugo Prata, o filme foi lançado em novembro de 2016.

Sinopse: Cantora desde a infância, Elis Regina Carvalho Costa (Andreia Horta) entra na vida adulta deixando o Rio Grande do Sul para espalhar seu talento pelo Brasil a partir do Rio de Janeiro. Em rápida ascensão, ela logo conquista uma legião de fãs, entre eles o famoso compositor e produtor Ronaldo Bôscoli (Gustavo Machado), com quem acaba se casando. Estrela de TV, polêmica, intensa e briguenta, a "Pimentinha" não tarda a ser reconhecida como a maior voz do Brasil, em carreira marcada por altos e baixos.

O filme está disponível nas plataformas Netflix, Amazon Prime Video e Telecine.

Cazuza - O Tempo Não Para 

A história de Cazuza, o poeta do rock brasileiro, é contada desde sua juventude até os momentos finais de sua vida, incluindo sua luta contra o vírus HIV. Interpretado por Daniel de Oliveira, filme também conta com Andréa Beltrão, Leandra Leal e André Gonçalves. Dirigido por Sandra Werneck em parceria de Walter Carvalho, o longa foi lançado em abril de 2004.

Sinopse: A vida louca que marcou o percurso profissional e pessoal de Cazuza (Daniel de Oliveira), do início da carreira, em 1981, até a morte em 1990, aos 32 anos: o sucesso com o Barão Vermelho, a carreira solo, as músicas que falavam dos anseios de uma geração, o comportamento transgressor e a coragem de continuar a carreira, criando e se apresentando, mesmo debilitado pela Aids.

O filme está disponível nas plataformas Amazon Prime Video e Paramount+, também pode ser alugado no Google Play e Apple TV.

+++ LEIA MAIS: Cazuza: por que 'Poema' é a música mais triste composta pelo cantor?

2 Filhos de Francisco

A cinebiografia foca na história dos irmãos Zezé Di Camargo e Luciano, desde a infância humilde, com pai lavrador e outros sete irmãos, até se tornarem uma das duplas sertanejas mais famosas do Brasil. O elenco conta com Dira Paes e Ângelo Antônio que interpretam os pais da dupla, e Márcio Kieling e Thiago Mendonça como Zezé e Luciano, respectivamente. A direção é de Breno Silveira e o filme foi lançado em agosto de 2005.

Sinopse:Francisco Camargo (Ângelo Antônio) é um lavrador que quer transformar dois de seus nove filhos em uma dupla sertaneja. Ele inicialmente deposita sua esperança no mais velho, Mirosmar (Dablio Moreira), e resolve lhe dar um acordeão quando completa 11 anos. Mirosmar e o irmão Emival (Marco Henrique), que toca violão, se apresentam com sucesso nas festas da vila onde moram. Mirosmar e Emival começam então a tocar na rodoviária de Goiânia, quando se mudam para lá, na intenção de conseguir algum dinheiro para ajudar em casa. Os garotos conhecem Miranda (José Dumont), empresário de duplas caipiras, que viaja com eles por mais de 4 meses. Os irmãos novamente fazem sucesso, mas um acidente encerra prematuramente a carreira da dupla. Após quase desistir da carreira artística, Mirosmar decide voltar a cantar, agora usando o nome artístico de Zezé di Camargo (Márcio Kieling). Ele grava um disco solo, mas não obtém sucesso. Já casado e com duas filhas pequenas, Zezé tem dificuldades em sustentar a família e o máximo que consegue é que outras duplas cantem composições suas. É quando ele encontra em seu irmão Welson (Thiago Mendonça), que passa a usar o nome artístico de Luciano, o parceiro ideal para levar adiante sua carreira musical.

O filme está disponível na plataforma Globoplay e pode ser alugado no Google Play e Apple TV.

Para qual lançamento de 2024 você está mais ansioso? Vote em seu filme favorito!

  • Bob Marley: One Love (12 de fevereiro)
  • Madame Teia (14 de fevereiro)
  • Ferrari (22 de fevereiro)
  • Duna: Parte 2 (29 de fevereiro)
  • Todos Nós Desconhecidos (7 de março)
  • Guerra Civil (18 de abril)
  • Rivais (26 de abril)
  • Planeta dos Macacos: O Reinado (23 de maio)
  • Furiosa: Uma Saga Mad Max (23 de maio)
  • Deadpool 3 (25 de julho)
  • Um Lugar Silencioso: Dia Um (28 de junho)
  • Coringa 2 (4 de outubro)

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!