Amor, Sublime Amor é censurado em alguns países do Oriente Médio; entenda

Ao incluir representatividade da comunidade LGBTQ+, Amor, Sublime Amor, de Steven Spielberg, foi censurado em diversos países do Oriente Médio

Redação Publicado em 06/12/2021, às 19h29

None
Amor, Sublime Amor, filme de Steven Spielberg (Foto: Reprodução/Twitter)

Mais de 50 anos após a adaptação original, Amor, Sublime Amor (2021) ganhou uma nova versão para o cinema, desta vez dirigida por Steven Spielberg. O filme estreia em cinemas ao redor do mundo nesta quinta, 9 de dezembro, mas foi censurado em alguns países do Oriente Médio, de acordo com informações da Variety; são eles: Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Catar, Bahrein, Omã e Kuwait.

A adaptação da Disney em parceria com o estúdio 20th Century foi banido por alguns motivos diferentes. Na Arábia Saudita e Kuwait, por exemplo, o filme não conseguiu um certificado de lançamento. Em outros casos, como nos países do Catar e Omã, a Disney se recusou a se adaptar aos cortes exigidos pelos censores.

+++LEIA MAIS: Amor, Sublime Amor: primeiras reações consideram musical extraordinário: ‘É Spielberg de primeira linha’

A censura não foi algo novo ou surpreendente. Alguns países do Oriente Médio têm diversas restrições acerca de assuntos como sexualidade, representatividade da comunidade LGBTQ+, blasfêmias ou outros aspectos que não se enquadram nas visões culturais das nações. Amor, Sublime Amor não se encaixa, por exemplo, por incluir um personagem transgênero interpretado pela pessoa não-binária Iris Menas.

Outros grandes lançamentos de 2021, como Eternos, do Universo Cinematográfico Marvel, também sofreram censura. O filme também referencia a comunidade LGBTQ+ com o personagem Phastos, de Brian Tyree Henry, que se tornou o primeiro da franquia a se declarar homossexual. A produção dirigida por Chloé Zhao foi banida em países do Oriente Médio, assim como na China.

+++LEIA MAIS: Remake de Amor, Sublime Amor: trailer, estreia e tudo que sabemos sobre filme dirigido por Steven Spielberg [LISTA]


Tudo sobre Amor, Sublime Amor 

Em 1961, a trama foi adaptada para o cinema pela primeira vez, com nomes como Rita Moreno, Natalie Wood e George Chakiris no elenco. A produção venceu 10 Oscars, incluindo Melhor Filme.

Cerca de 60 anos depois, em 2021, o musical ganhou uma nova versão estrelada por Ansel Elgort e Rachel Zegler, com direção de Steven Spielberg.Amor, Sublime Amor (West Side Story) chega aos cinemas brasileiros em 9 de dezembro. 

+++LEIA MAIS: Jurassic Park: Por que Steven Spielberg odiou dirigir filme?

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by West Side Story (@westsidestorymovie)