Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Cinema / CRÍTICA

Jennifer Lopez quer contar a própria história no filme This Is Me... Now

Como Beyoncé e Britney Spears fizeram antes, Lopez abra a sua vida pessoal para esclarecer versões distorcidas sobre a sua jornada em busca do amor

Jennifer Lopez quer contar a própria história em seu novo álbum visual, This Is Me... Now (Foto: Divulgação/Amazon Prime Video)
Jennifer Lopez quer contar a própria história em seu novo álbum visual, This Is Me... Now (Foto: Divulgação/Amazon Prime Video)

Em 2014, Solange Knowles apareceu dentro de um elevador empurrando e chutando o cunhado, Jay-Z, antes de ser contida por um segurança. Na época, nenhum dos envolvidos falou sobre o ocorrido. Dois anos depois, Beyoncé lançou Lemonade, seu sexto álbum de estúdio, em que expunha uma crise em seu casamento com o rapper e uma suposta traição de Jay-Z com uma "Becky com o cabelo bom"

Antes do acontecimento com Beyoncé, outra artista, Britney Spears, também tinha a sua vida pessoal exposta na mídia. Desde a construção da sua carreira na música até o romance com Justin Timberlake, passando pela criação dos filhos e relação perturbada com a própria família, o nome da Princesa do Pop foi arrastado pela lama, enquanto ela observava em silêncio. Em 2023, a artista lançou a biografia A Mulher em Mim, em que assumia o controle da própria história.

Jennifer Lopez, assim com Beyoncé e Britney Spears, foi cunhada como artista em uma época em que as redes sociais não existiam e talento era pré-requisito para se fazer sucesso. Ainda assim, já existia o interesse nas vidas pessoais dessas personalidades e, na ânsia de saciar essa curiosidade, muito foi dito, mesmo que não fosse verdade. Agora, é a vez de J.Lo fazer o mesmo e usar das próprias palavras para contar a sua história, com o lançamento do álbum e do filme This Is Me... Now, nesta sexta-feira, dia 16 de fevereiro, que esclarecem versões distorcidas sobre a sua jornada em busca do amor.

A novidade é uma sequência do álbum This Is Me... Then, lançado em 2002, época em que a artista enfrentava o fim de seu segundo casamento, com o dançarino Cris Judd, e o início do relacionamento com Ben Affleck. Na produção, Lopez era explícita sobre aquele período em sua vida e cantava sobre as tentativas de salvar o casamento, a melhora de sua vida com a chegada de uma nova pessoa, a superação do término e a satisfação de encontrar um novo amor.

Naquela época, o álbum já era uma grande história de amor sobre o romance entre Jennifer Lopez e Ben Affleck, mas as pessoas queriam ainda mais e o relacionamento acabou se tornando um grande espetáculo midiático, que resultou no rompimento do casal, alguns anos depois. Agora, vinte anos depois, a artista se abre novamente sobre a sua jornada não só para reencontrar o grande amor de sua vida, com quem agora é casada, mas também para encontrar o amor próprio, o que a permitiu viver tudo isso novamente.

Apesar de o álbum ser um novo grande clichê romântico, o filme busca ir além e explorar, através de diversos gêneros cinematográficos, desde a comédia romântica até a ficção científica, a história de uma mulher apaixonada, mas com o coração machucado, que precisa entender a si mesma para, então, conseguir dar o seu amor a outra pessoa.

Devido às escolhas narrativas propostas por Jennifer Lopez, que também é roteirista do longa, This Is Me... Now: Uma História de Amor parece uma bagunça, mas que consegue se organizar o suficiente para chegar a algum lugar, graças à capacidade do diretor Dave Meyers (A Morte Pede Carona), especializado em videoclipes, de conseguir navegar, mesmo que superficialmente, por todos os gêneros apresentados.

Para incrementar a novidade, Lopez recrutou nomes como Jane Fonda (Grace & Frankie), Sofía Vergara (Griselda), Keke Palmer (As Golpistas), Jenifer Lewis (Black-ish), a cantora Kim Petras, o rapper Post Malone, o físico Neil deGrasse Tyson e até o místico Sadhguru para atuarem como guias astrológicos de sua personagem, o que eleva um pouco um nível da produção e proporciona alguns dos momentos mais divertidos da história, devido às interações dos signos que comandam a vida da artista.

Nada disso, no entanto, faz de This Is Me... Now: Uma História de Amor nada mais do que um grande conjunto de videoclipes que, assistidos na ordem pretendida, contam uma história de amor beirando o cafona, mas que deve conversar bem com os fãs de J.Lo, que a acompanharam durante essa jornada e torceram para ver o seu ídolo em seu melhor momento, como ela se apresenta na produção. Não é algo que vá mudar a indústria musical ou cinematográfica, mas pode arrancar suspiros de alguns corações apaixonados.

Qual foi o melhor filme de 2024 até agora? Vote no seu favorito!

  • Wish: O Poder dos Desejos
  • A Sociedade da Neve
  • Meninas Malvadas: O Musical
  • Os Rejeitados
  • Segredos de um Escândalo
  • Turma da Mônica Jovem: Reflexos do Medo
  • Anatomia de uma Queda
  • Vidas Passadas
  • Pobres Criaturas
  • Argylle: O Superespião
  • O Mal Que Nos Habita
  • A Cor Púrpura
  • Bob Marley: One Love
  • Madame Teia