Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

João Donato: música com Caetano Veloso foi a mais regravada

'A Rã' é uma composição de João Donato e Caetano Veloso

por Heloísa Lisboa (@helocoptero) Publicado em 17/07/2023, às 12h42

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Caetano Veloso e João Donato (Reprodução)
Caetano Veloso e João Donato (Reprodução)

Dentre suas 442 composições e 718 gravações, a canção "A Rã" foi a mais regravada da carreira de João Donato, de acordo com o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição). Donato faleceu nesta segunda-feira, 17, aos 88 anos, em decorrência de múltiplos problemas de saúde.

O ícone da bossa nova e do MPB ganhou ainda mais notoriedade quando, a partir do álbum Quem é Quem, lançado em 1973, passou a incluir letras em suas músicas. "A Rã" é uma composição compartilhada com Caetano Veloso e uma releitura de "The Frog", canção instrumental lançada em 1970 no disco A Bad Donato. Gal Costa está entre as artistas mais famosas que fizeram a regravação.

Ainda segundo o Ecad, "A Paz" ocupou o posto da música de Donato mais tocada nos últimos dez anos, no Brasil, nos principais segmentos de execução pública (rádio, shows, carnaval, festa junina, etc). Trata-se de uma dentre várias colaborações com Gilberto Gil. Também chamada de "Leila IV", foi primeiramente lançada por Zizi Possi, em 1987, e fez parte da trilha sonora da novela da Globo Mandala (via O Estado de S. Paulo). "Bananeira" e "Lugar Comum" foram outros grandes sucessos da dupla.

João Donato contribuiu com Lysias Enio, Abel Silva, João Gilberto, Paulo André e João Mello. Como importante nome da bossa nova, fez parcerias com Tom Jobim e até mesmo Vinícius de Moraes.

Embora seja a mais regravada, "A Rã", com 15 milhões de streams, não é a mais ouvida do artista no Spotify. A canção perde o posto para "Manhã de Carnaval", com 27,3 milhões de streams, e fica acima de "Bluechanga" (11,4 milhões), "Canta, Canta Minha Gente" (9,2 milhões) e "Ê Lalá-Lay-Ê" (8,1 milhões)

O velório do músico deve ser realizado nesta terça-feira, 18, no Theatro Municipal. O corpo será cremado no Memorial do Carmo.