Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Música / Polêmica

Kanye West usa capuz semelhante ao da Ku Klux Klan em listening party

O rapper usou capuz pontudo preto durante evento de audição do novo álbum 'Vultures'

Redação Publicado em 13/12/2023, às 10h54

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Kanye West (Foto: Kevork Djansezian)
Kanye West (Foto: Kevork Djansezian)

Kanye West usou capuz semelhante ao usado por membros da Ku Klux Klan na listening party de Vultures, álbum que deve ser lançado nesta sexta-feira, 15. O evento ocorrido em Miami recebeu celebridades como Chris Brown, Kodak Black e Offset, além dos filhos do rapper com Kim Kardashian.

Usar o chapéu pontudo com buracos nos olhos foi apenas mais um dos gestos polêmicos de West. Em outubro do ano passado, o músico tentou lançar camisetas que diziam "Vidas Brancas Importam". Pouco depois, ele fez uma série de colocações antissemitas, além de afirmar: "Todo ser humano tem algo de valor para trazer à mesa, especialmente Hitler... [Nazistas] fizeram coisas boas também".

Candace Owens e Kanye West (Foto: Reprodução/Twitter)

+++LEIA MAIS: CEO da Adidas defende Kanye West após falas antissemitas: 'Acho que ele não quis dizer aquilo'

Em uma das faixas de Vultures, Kanye supostamente diz "não sou antissemita" em meio a uma letra com conteúdo sexual explícito. A arte da capa do disco é uma pintura de Caspar David Friedrich, artista alemão adotado pelos nazistas. Há também semelhanças entre a fonte e o lugar onde o título do álbum foi colocado e as capas da banda Burzum, cujo líder Varg Vikernes foi condenado por incitar ódio racial.

Capa de 'Vultures'
Capa de 'Filosofem', do Burzum