Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Música / Justiça

Oh Yeong-su, de Round 6, é julgado culpado por má conduta sexual

Ator sul coreano de 79 anos foi considerado culpado em um processo de importunação sexual, mas deve recorrer

Oh Yeong-su em Round 6 (Foto: reprodução/Netflix)
Oh Yeong-su em Round 6 (Foto: reprodução/Netflix)

Oh Yeong-su, ator coreano vencedor do Globo de Ouro por seu papel em Round 6, foi considerado culpado em um caso de má-conduta sexual. A decisão foi anunciada nesta sexta-feira (15).

Segundo o The New York Times, Oh foi processado após tocar uma atriz inaproriadamente em 2017, com atos que incluíram abraços, toques nas mãos e beijos na bochecha. Agora, o artista de 79 anos foi considerado culpado por uma corte da cidade de Seongnam.

+++ LEIA MAIS: Round 6: O Desafio era "cruel" e "manipulado", denunciam ex-participantes

O processo foi movido em 2022, após o sucesso da participação de Oh como o jogador 001 em Round 6. Antes disso, em 2018, a atriz que moveu o processo já recebera aconselhamento para vítimas de violência sexual.

Oh chegou a emitir uma notas com um pedido público de desculpas pelo caso, mas posteriormente declarou à rede JTBC, da Coreia do Sul: "Simplesmente segurei sua mão para guiar o caminho ao redor do lago. Pedi desculpas porque [a pessoa] disse que não faria um grande caso sobre isso, mas não significa que eu admita as acusações".

Com a condenação, Oh deve cumprir pena suspensa de oito meses, além de 40 horas de aulas sobre violência sexual. De acordo com a Variety, o ator negou as acusações e deve recorrer da sentença.