2012 vai virar série de TV

Filme apocalíptico, que mostra o Cristo Redentor destruído por ondas gigantes, se estenderá ao domínio televisivo, confirmou o diretor Roland Emmerich

Da redação Publicado em 05/11/2009, às 15h23

O diretor Roland Emmerich prepara versão televisiva para 2012, seu filme apocalíptico que mesmo antes de estrear já é tomado como um dos grandes blockbusters do ano (no Brasil, entra em cartaz em data particularmente sinistra para os mais místicos: sexta-feira, 13 de novembro).

A série se passaria em 2013 e falaria sobre "o que acontece depois do desastre", contou o cineasta à revista norte-americana Entertainment Weekly. A teoria de que o fim do mundo ocorrerá em 2012 galvaniza a atenção da humanidade há tempos. Por trás da desconfiança em torno da data estão interpretações sobre a obra do profeta Nostradamus e o fato de o calendário maia, a arqueológica civilização com exímio domínio da astronomia, acabar em 21 de dezembro deste ano.

O programa ganhará o mesmo produtor executivo do longa, Mark Gordon. Na TV, ele exerce a mesma função em seriados de sucesso, como Grey's Anatomy e seu derivado, Privace Practice.

"É sobre a reinstalação da Terra", o diretor Emmerich explica por que gostaria de ver 2012 estendido ao domínio televisivo, sem confirmar se ele toparia dirigir a produção. "Harald Kloser [roteirista e produtor] e eu tivemos a ideia, além do luxo de ter um produtor no filme que é um grande produtor de TV, Mark Gordon." Os dois sugeriram, então, que o colega fizesse um programa que retomasse o ponto em que o filme acabou - e chamasse a criação de 2013. A ideia, aparentemente, veio a calhar.

O filme tem no elenco John Cusack, Amanta Peet, Chiwetel Ejiofor, Woody Harrelson, Danny Glover, Thandie Newton (Missão: Impossível 2) e Oliver Platt (Frost/Nixon). Um dos cartazes de divulgação traz o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar, duas constantes em cartões postais do Rio de Janeiro, sendo atingidos por ondas gigantes, um dos efeitos colaterais das várias catástrofes naturais que varrem o planeta na produção.

Emmerich deu pistas sobre a extensão televisiva, que se focaria num grupo de sobreviventes, mas não aquele mostrado no longa. "Talvez eles estejam em um pedaço de terra que foi poupado, ou um que se transformou numa ilha enquanto a crostra [terrestre] se movia."

A Entertainment Weekly comenta sobre conversas de bastidores em Hollywood a respeito de negociações entre Gordon e a emissora ABC. O produtor executivo não ratificou, mas tampouco fez o contrário, ao lembrar que o canal "terá uma abertura para programas relacionados a desastres quando Lost acabar". A série de J.J. Abrams começará a sexta e última temporada no começo de 2010, nos Estados Unidos.