5 filmes que falam sobre a morte de maneira criativa [LISTA]

Diferente da banalidade da morte apresentada em blockbusters de ação, esses longas buscam abordar de forma criativa e reflexiva esse fator inevitável da vida

Redação Publicado em 07/06/2020, às 17h00

None
Bengt Ekerot e Max Von Sydow em O Sétimo Selo (Foto:Reprodução)

A morte é um elemento muito presente na indústria cinematográfica. Seja de forma banal, como em filmes de ação no qual um agente secreto mata dezenas de homens sem pestanejar e sem qualquer consequência, ou em filmes mais artísticos que abordam esse fator inevitável da vida de maneira contemplativa e reflexiva.

Com isso em mente, separamos cinco filmes que optam por fugir dos clichês e falar sobre a morte de um jeito criativo.

Alguns utilizam do humor e da metalinguagem, como são os casos de BeetlejuiceMorte No Funeral e Monty Python: O Sentido da Vida, outros  tomam um rumo completamente experimental, como Enter The Void, longa de Gaspar Noé no qual a câmera assume o papel do espírito errante de um jovem assassinado pela polícia.

O Sétimo Selo (obra-prima do mestre do cinema Ingmar Bergman), por sua vez, apresenta a morte como um personagem, dando a ela um corpo, uma face e um desafio, em um filme existencialista e amplamente reflexivo.

Veja abaixo.

Enter The Void (2009)


O Sétimo Selo (1957)


Beetlejuice (1988)


Morte No Funeral (2007)


Monty Python: O Sentido da Vida (1983)


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE