Pulse

Com foco na diversidade, MC Sombra relança segundo disco solo em vinil

No próximo sábado, 23, o rapper fará um show para comemora o lançamento da nova versão do clássico Fantástico Mundo Popular

Igor Brunaldi Publicado em 22/03/2019, às 09h15

None
MC Sombra (Foto:Paola Vianna)

No próximo sábado, 23, o rapper MC Sombra lança, em formato vinil, Fantástico Mundo Popular (2013), seu segundo disco solo. E para comemorar a nova edição, ele vai fazer um show na mesma data, na Matilha Cultural, em São Paulo.

Em conversa exclusiva à Rolling Stone Brasil, o músico contou que esse lançamento, feito em parceria com o Três Selos e o Selo Matilha, demorou 3 anos para ser concretizado, mas está imensamente satisfeito com o resultado.

Veterano e também integrante do grupo Somo Nós a Justiça (SNJ), Sombra faz questão de afirmar que tem orgulho do ofício de MC, da forma mais tradicional. "É o mestre de cerimônias, né. É ele que fomenta o cenário, que vai para cima militar e ser ativista, e também leva o discurso das ideias para as pessoas."

Lançado há seis anos, Fantástico Mundo Popular se destaca entre os discos de rap lançados na época por sua sonoridade que resgata a atmosfera do hip-hop dos anos 1990, e também pela diversidade de ritmos que apresenta, como faixas que vão do boom bap clássico ao maracatu.

O rapper conta ter sido totalmente intencional, e que foi durante o processo de criação do trabalho que nasceu essa força e esse objetivo de resgatar e manter vivas essas identidades regionais.

Com confiança de quem está no jogo há mais de 20 anos, mas sem demonstrar prepotência, ele afirma a busca constante pela pluralidade: "Eu não falo de uma coisa na primeira faixa, e depois de novo na oitava. Mesmo se falar de outro jeito, ainda vai ser a mesma coisa. Prefiro que cada música remeta a um tema diferente".

É indiscutível que, não somente no Brasil, o rap se encontra em um momento de ascensão estrelar, com novos artistas que vêm cravando seu nome na história do gênero. Mas apesar desse momento de glória, o Sombra olha para o todo com os pés no chão, e ainda não vê o cenário como ideal. "O rap preza pela mensagem, e vejo muita gente que não liga para isso hoje em dia", comenta.

E continua: "Tem uma galera muito preocupada com tendência, com o que as pessoas estão ouvindo, com quem está ditando agora a sonoridade. No fim das contas a gente só tem que se preocupar com música de qualidade. O importante é fazer música impactante."

O futuro do rapper é tão promissor quanto repleto de trabalho duro. Ele pretende lançar seu terceiro disco solo ainda este ano, e está no processo de gravação do clipe do primeiro single, chamado "Náufrago", que conta ter escrito sobre o peso da solidão. A faixa tem produção assinada por BiD.

Serviço
MC Sombra, lançamento do vinil Fantástico Mundo Popular - participação de DJ RM e discotecagem de DJ Nuts 
Sábado, 23 de maio, às 19h
Local: Matilha Cultural - Rua Rego Freitas, 542 - República, São Paulo
Entrada Colaborativa