Amanda Bynes irá processar a polícia por “prisão equivocada”

Atriz diz ser “alérgica a álcool e drogas” e discorda da forma com que os oficiais a trataram durante a ação no apartamento dela, na quinta, 23

Redação Publicado em 28/05/2013, às 08h39 - Atualizado às 08h45

Amanda Bynes
AP

Amanda Bynes anunciou em aos seus 1,3 milhão de seguidores no Twitter que irá processar a polícia de Nova York pela prisão realizada na última semana. “De uma vez por todas, essa é a última vez que vou falar sobre essa prisão equivocada”, escreveu ela. “Estou processando o NYPD [ sigla da polícia de Nova York] por entrar ilegalmente em meu apartamento, mentir sobre drogas e uma parafernália que não existe. Então, eu vou processá-los por me colocarem em um hospital psiquiátrico contra a minha vontade, prenderam-me lá a noite toda.”

De acordo com o site TMZ, Amanda foi presa na noite de quinta-feira, 23, por posse de maconha e, literalmente, arremessar as evidências pela janela. A atriz teria jogado um “bong” (instrumento usado para o fumo de maconha) para fora do apartamento assim que viu a polícia. Autoridades afirmam que uma testemunha viu Amanda fumando maconha no lobby, agindo de forma estranha e falando sozinha. Então, chamou a polícia.

Amanda, contudo, afirma ser “alérgica a álcool e drogas”. “Estou tão ofendida por tudo isso, mas orgulhosa por não ser usuária de drogas e álcool”, completou. “Eu não preciso falar sobre isso de novo. Eu e meu advogado estamos levando essa ofensa muito a sério. Tudo o que fizeram foi contra a lei e o juiz irá ver que não havia drogas em mim, provas da existência do bong ou de doença mental.”

No fim de semana, também através do Twitter, Amanda decidiu atacar Rihanna, aparentemente sem motivo, ao dizer que ela havia apanhado do Chris Brown porque não era "bonita o bastante".

Assista, abaixo, ao vídeo que registra o momento em que Amanda Bynes deixa o prédio onde mora escoltada pela polícia: