Ator indica que Matthew Vaughn, de X-Men: Primeira Classe, será o diretor de Star Wars: Episódio VII

Em entrevista, Jason Flemyng vacila e dá a entender que o amigo foi o escolhido para dar continuidade à saga dos jedis

Redação Publicado em 28/11/2012, às 13h03 - Atualizado às 19h07

Matthew Vaughn
AP

Jason Flemyng quase foi traído pela própria língua solta e, por pouco, não entregou que o amigo e diretor Matthew Vaughn foi mesmo o escolhido para dirigir Star Wars: Episódio VII, conforme o site Collider informou.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Em uma entrevista em vídeo do site HeyUGuys, na première do filme Seven Psychopaths, Flemyng conversava sobre seus projetos futuros, até chegar ao boato de que o amigo dele, diretor de X-Men: Primeira Classe e Kick-Ass: Quebrando Tudo, com quem ele trabalhou em nove filmes, seria o responsável pelo novo longa da saga Star Wars.

Flemyng indica que por já ter trabalhado tantas vezes com Vaughn, ele talvez tivesse um papel no filme – ele até imita o robô C3PO, fazendo os sons do também robô R2D2. Depois, quando questionado se o diretor teria interesse em dirigir Star Wars, o ator começa a falar, mas interrompe a palavra no meio e faz uma careta de culpa (veja no vídeo abaixo, a 1’35’’).

Os boatos de que Matthew Vaughn seria o escolhido para levar Star Wars de volta ao cinema começaram justamente porque ele abandonou o barco da continuação dos mutantes, X-Men: Days of Future Past.

Desde que a Disney anunciou a compra da Lucasfilm e que daria continuação à saga dos jedis, muitos nomes foram especulados para assumir a direção do primeiro longa, Episódio VII. Quentin Tarantino, Steven Spielberg e Guillermo Del Toro negaram que seriam uma possibilidade. O único confirmado no projeto, até o momento, é Michael Arndt, que assinará o roteiro.