Autora de Crepúsculo é acusada de plágio

Stephenie Meyer teria copiado trechos do livro The Nocturne, da escritora Jordan Scott, em Amanhecer

Da redação Publicado em 05/08/2009, às 16h07

Stephenie Meyer, autora da saga Crepúsculo, está na mira da escritora Jordan Scott. A norte-americana acusa Meyer de plágio em Amanhecer, quarto e último título da série vampiresca.

J. Craig Williams, advogado de Jordan Scott, explicou à agência Reuters que não há semelhança de texto entre The Nocturne, livro de sua cliente, e Amanhecer - a similaridade estaria na trama e nos personagens. Em resposta à acusação, a editora Hachette, responsável pela publicação dos livros de Stephenie, afirmou que a alegação "não faz sentido".

Williams pretende processar Meyer nesta ou na próxima semana, na Justiça Federal dos Estados Unidos. "Acho que os fãs têm de ler os dois livros e formar sua opinião, como um juiz terá de fazer", declarou o advogado, acrescentando que sua cliente não irá requerer indenização.

A Hachette acredita que as obras de Meyer "têm sido uma sensação fenomenal" e "não deveria ser surpresa ouvir que outras pessoas podem querer pegar carona em tal sucesso". Com a série, a editora já vendeu mais de 70 milhões de exemplares ao redor do mundo.

Lançado em 2008, Amanhecer é a conclusão do romance entre a humana Bella (nos cinemas, vivida por Kristen Stewart) e do vampiro do bem Edward Cullen (Robert Pattinson, considerado por leitoras de revista britânica o homem mais sexy do mundo).

Lua Nova, segundo título da franquia, chega às telonas em novembro, e o terceiro, Eclipse, começa a ser gravado em agosto.