Pulse

Morre aos 28 anos o DJ e produtor sueco Avicii

Conhecido pelos sucessos "Hey Brother" e "Wake Me Up", ele foi encontrado morto nesta sexta, 20, mas a causa não foi divulgada

Rolling Stone EUA Publicado em 20/04/2018, às 15h25 - Atualizado às 16h23

O sueco DJ Avicii
Amy Sussman/AP

O renomado DJ e produtor de EDM Avicii foi encontrado morto nesta sexta-feira, 20. Nascido na Suécia, ele tinha 28 anos. A causa da morte não foi divulgada, mas nos últimos anos o artista enfrentou diversos problemas de saúde.

"É com profundo pesar que anunciamos a perda de Tim Bergling, também conhecido como Avicii. Ele foi encontrado morto em Mascate, no golfo de Omã, nesta tarde, hora local, na sexta-feira, 20 de abril. A família está devastada e pedimos para respeitarem a privacidade neste momento difícil. Não serão dadas mais declarações", disse a assessoria do músico em comunicado oficial à imprensa.

Um dos artistas mais populares de EDM, Bergling encontrou o sucesso em 2011, com o hit “Levels”, que ganhou disco de platina nos Estados Unidos e liderou as paradas em diversos países. “Wake Me Up”, dois anos depois, chegou ao quarto lugar das mais ouvidas.

Avicii lançou dois discos, True, de 2013, e Stories, de 2015, antes de anunciar, em 2016, que não sairia mais em turnê.

"Minhas escolhas e minha carreira nunca foram impulsionadas por coisas materiais, embora eu seja grato por todas as oportunidades que meu sucesso me proporcionou", escreveu ele aos fãs. "Eu sei que sou abençoado por poder viajar por todo o mundo e me apresentar, mas sobra muito pouco de mim para viver a vida de uma pessoa real por trás do artista”.

A aposentadoria veio dois anos depois que Avicii, que já era um dos DJs mais bem pagos do mundo, cancelou uma série de shows, incluindo uma residência em Las Vegas, devido a problemas de saúde.

"Eu precisava descobrir a minha vida. Era o sucesso em prol do sucesso. Eu não estava mais tendo nenhuma felicidade." Bergling disse à Rolling Stone EUA, em setembro de 2017, após o lançamento do EP Avici (01). "O EDM começou a ficar saturado quatro, cinco, seis anos atrás, quando o dinheiro se tornou tudo. A partir desse ponto, comecei a não querer me associar mentalmente ao EDM".

Além do próprio trabalho, Avicii colaborava com bastante gente. Trabalhava ao lado de artistas como Coldplay, Wyclef Jean, Santana, Madonna, Robyn, Major Lazer e Daft Punk.